quarta-feira, 27 de julho de 2011

Polícia Civil prende 63 pessoas em menos de 24 horas

A Polícia Civil do Rio Grande do Norte deflagrou nesta terça-feira (26) uma operação com o objetivo de cumprir mandados de prisão em aberto e mandados de busca e apreensão. Ao todo foram presas 63 pessoas, dentre esses foram apreendidos 17 adolescentes. A ação batizada de “Operação Retorno” foi idealizada pelo Delegado Geral da Polícia Civil, Fábio Rogério Silva, planejada pelo delegado Ben-Hur Cirino de Medeiros e organizada pela Diretoria de Policiamento de Natal e Grande Natal (DPGRAN) juntamente com a Diretoria de Policiamento do Interior (DPCIM). De acordo com o secretário de Segurança Pública e Defesa Social do RN (Sesed), Aldair da Rocha, 200 homens trabalharam na operação que marcou a volta da Polícia Civil ao trabalho após quase dois meses em greve.

“A operação foi planejada, executada e coordenada pela Polícia Civil”, disse o secretário. Ele explicou que mesmo durante a greve foi solicitado a cada delegacia um levantamento dos mandados de prisão em aberto. Com esses dados em mãos o setor de inteligência da Polícia Civil fez uma triagem e determinou os mandados que deveriam ser cumpridos. “A partir daí pudemos determinar a data da operação, o número de policiais envolvidos, os veículos que seriam necessários, enfim planejar toda a operação”, disse.
blog Geraldo Oliveira

terça-feira, 26 de julho de 2011

HPV: o inimigo presente na intimidade que ataca mais as mulheres

Autoridades da saúde alertam que a cada ano, morrem no mundo cerca de 230 mil mulheres vítimas de câncer no colo do útero, doença causada pelo vírus HPV (ou papilomavírus humano).

O vírus é transmitido na relação sexual ou até numa carícia mais ousada, o vírus pode passar de um corpo para outro e se instalar em mucosas como as do útero ou da boca. O vírus é comum em ambos os sexos, mas se instala com mais facilidade na mulher. Estudos comprovam que 4 entre 5 mulheres sexualmente ativas pegam pelo menos um tipo de HPV ao longo da vida.

Os principais são surgimento de verrugas no ânus ou na vagina, dores no abdômen, desconforto ao urinar e manchas brancas no útero (visíveis apenas em exame). Portadores do vírus podem ou não apresentar os sintomas.

O grande problema é o HPV pode virar câncer de colo de útero. Para o surgimento desse tipo de câncer, é necessário que a paciente tenha sido infectada pelo papilomavírus humano. Isso acontece porque o vírus consegue desligar as defesas do organismo e as células contaminadas começam a se multiplicar, causando câncer de colo de útero. O vírus tem mais de 200 subtipos e, embora boa parte deles não se transforme em tumores malignos, prevenir nunca é demais.

A prevenção depende do uso da camisinha em todas as relações sexuais - e não apenas na hora da penetração. A visita ao ginecologista uma vez por ano e a realização de todos os exames solicitados por ele também são muito importantes. Os testes que detectam a doença são papanicolau, colposcopia, biópsia e captura híbrida. Também cuide do sono e da alimentação, para não baixar sua imunidade.

Além dos exames ginecológicos e do uso de preservativo, já existe vacina contra o HPV, Tanto a bivalente, que dura até 20 anos, quanto a quadrivalente, que tem duração menor, são indicadas para mulheres entre 9 e 26 anos mas o preço é bem “salgado” nos dois tipos. Elas ainda não estão disponíveis no Sistema Único de Saúde (SUS) - nas clínicas particulares, custam entre R$ 320 e R$ 480.
Correio Brasiliense

Confidências

Sinto que a minha vida está passando pela janela, como água que escore por entre os dedos. O tempo é implacável e não perdoa ninguém, os anos estão passando e eu continuo aqui onde sempre estive, tento mudar, mas existe uma força que me prende aqui e por mais que eu lute para sair, sinto que estou cada vez mais presa nessas sombras, preciso que o sol brilhe para mim. Não é fácil resistir, mas eu não me entrego vou lutar até o fim por aquilo que acredito, por que por mais difícil que seja o caminho, sempre a um ponto de chegada. Hoje quando acordei senti que tudo ia mudar, mas de repente um vendaval invadiu os meus planos e tentou destruir as minhas ilusões, depois da tempestade juntei o que sobrou me refiz e continuei nesse caminho em busca do que acredito.
Por: Joamma Diniz

Empresário do Seridó tem recurso negado no STF e é preso

O empresário do ramo de postos de combustíveis, Roosevelt Stardi Lopes, (Ruzão), foi conduzido pela polícia na manhã desSa segunda-feira, 25 de julho, para a Penitenciária Estadual do Seridó. O Supremo Tribunal Federal negou recurso impetrado por seus advogados.

No dia 30 de dezembro de 2009, o ministro do Superior Tribunal de Justiça (STJ), Nilson Naves, manteve a condenação aplicada ao empresário, a cinco anos de prisão no processo no qual ele é acusado de envolvimento na compra de um caminhão roubado.

Memória

Em 2002 a polícia civil conseguiu elucidar o roubo de um caminhão que foi trazido para Caicó por Dinarte Melo Mariz, atualmente foragido da Justiça. O carro, segundo o processo foi desmontado por Walter Medeiros na cidade de Acari.

Parte da estrutura do caminhão foi colocada em outro veículo, e comercializado por Ruzão. Outras partes foram vendidas a Edmundo Cândido Pessoa que repassou para outras pessoas e a Francisco Assis de Medeiros, (Chico de Olívio).

Ruzão chegou a ser preso na penitenciária estadual do Seridó, na época pela condenação de 5 anos de prisão, prolatada pelo juiz Henrique Baltazar Vilar dos Santos. Edmundo foi condenado a 11 anos, Wálter Medeiros a 8, Chico de Olívio a 2 anos e Dinarte Melo Mariz a 7 anos de prisão.

Ruzão através do seu advogado Caio Graco Pereira de Paula recorreu da decisão no Tribunal de Justiça do Rio Grande do Norte que manteve a condenação e em seguida apresentou recurso no STJ, aonde estava desde 2006 e foi apreciado em dezembro. O advogado de Ruzão apresentou outro recurso no STF tentando anular a pena enquanto o empresário permaneceu em liberdade.
Da redação do DIARIODENATAL.COM.BR com informações de Sidney Silva

Dia de Sant´na

Viva sant´na

OS FILHOS DE SANTANA DE CAICÓ




Nascemos no Oitão da Catedral! Sim, somos todos filhos da Doce Mãe Clemente! Durante o mês de julho de cada ano (e já quase trezentos) acordamos com o trovejar dos foguetões que erigem das girândolas fincadas no torrão da nossa Ilha! Somos os Filhos de Santana que em séquito marchamos atrás da nossa Furiosa (Banda Recreio Caicoense) e nos primeiros raios da manhã cumprimentamos nossos irmãos em retribuição aos acenos vindos das janelas e das calçadas de suas casas!

Somos os Filhos de Santana! Nossos pés têm a marca deste chão. Descalços ou calçados, pisamos a terra dos Caiacós! E nos corpos que pisam vestidos elegantemente ou com roupas cerzidas, somos os Filhos de Santana! Somos filhos na fé eternizada na Prece do Vaqueiro, porque foi de sua prece que nasceu nossa Caicó!

Somos também filhos dos Joãos e das Terezinhas! Netos de Chico Contente e bisnetos do Veio Mané Pereira Troncho! Somos irmãos de Tuíla, Magão, Ribaçã, Tota, Assis de Bió, Capeta, Bode Veio, Galego de Zuíla, Tananica, David, Pituleira, Gordo Roberto, Lasquete (in memoriam), dos Negos de Benedito Leal, dos filhos de Dona Joanita, da turma da padaria e de Cícero De Laura (in memoriam)! Somos os moleques deste chão, das tamarindeiras de Mãe Quininha, do Coreto de Dinarte Mariz. Somos a origem da Matriz!

Somos os protegidos de Dr. Roldão Diniz (in memoriam), o Juiz que evitava que a polícia tomasse nossa bola, quando o jogo se dava no Patamar da Igreja! Somos da Escola de Tinonô, nosso amor de padre! Somos os filhos batizados no Poço de Santana, nosso Jordão de recordações!

Somos os Filhos de Santana e queremos dar nossas boas vindas a todos que aqui se encontram e oferecer nosso calor e hospitalidade, no lar da nossa mãe, na aura da Ilha, na Casa da Cultura, no Coreto da Liberdade, na Praça José Augusto, nas águas do Açude, Itans e principalmente no encontro das famílias na messe nossa de cada dia!

Somos os Filhos de Santana e queremos contar e cantar as histórias da nossa imaginação!


Gilberto Costa

segunda-feira, 25 de julho de 2011

Artigo: "Eu disse não, não, não"

Chico Neto
Vinte e sete anos é medida rasa demais para demarcar o tempo de duração de uma vida. Menos para quem, como Amy Winehouse, já dissera, nos primeiros versos de Rehab, um de seus sucessos do segundo e último CD em vida: "Tentaram me mandar para a reabilitação e eu disse não, não, não". Mais que uma cantora, a jovem inglesa, encontrada morta em sua casa em Londres, era um furacão em forma de mulher. Intensa em tudo. Algo assim como Janis Joplin — que, a propósito, também deixou a vida em circunstâncias aparentemente semelhantes e com a mesma idade. Igualmente Curt Cobain e Jimi Hendrix saíram de cena aos 27 anos. Seria 27 um número fatídico para os doidões da música?

Inferências numerológicas, creio, não passam tão perto da questão, embora representem uma ligeira isca de tentativa de compreensão da história. Indo por essa linha, Janis Joplin nasceu no mesmo dia (19 de janeiro) em que Elis Regina morreu, embora a coincidência de datas seja assinalável apenas no mês. Em comum, todavia, existe uma história que envolve a relação com as drogas.

Conceituada revista de circulação nacional, quando Elis morreu, estampou a foto da cantora na capa com a manchete: "A tragédia da cocaína". Aos desavisados, deve ter parecido que Elis Regina era uma traficante que virou cantora por acaso. Sem amenizar, na galeria dos mortos por overdose, as trágicas circunstâncias em que tantos ídolos deixaram este mundo, o fato é que a música de Elis, de Janis Joplin e de Amy Winehouse é muito maior do que aspectos da vida pessoal delas.

Hoje é o dia da autópsia. Pelas tradição judaica — e Amy era judia, condição que independe da pouco palpável possibilidade de que ela tenha sido uma pessoa religiosa —, tal intervenção no corpo de alguém que já se foi somente é aceita quando se trata de exigência legal, o que vem a ser o caso. Mas, pelo princípio chamado de kavod hamet (honra do morto), tão logo passe pelo ritual da tahará (purificação), o corpo deve ser envolto em panos brancos e fechado dentro de um caixão, não mais devendo ser visto por ninguém. Se a família dela observará tais preceitos, pouco importa a esta altura. Mas as lembranças que temos de alguém que se foi deveriam estar centradas na pessoa viva, não em seu invólucro, já abandonado. Melhor lembrar do que vibrou.

É o que Amy nos deixa. Muito apropriadamente, no hit Back to black, ela afirma: "Nós apenas dissemos adeus com palavras". As palavras ficam por conta da mídia. É definitivamente uma lástima que uma cantora tão talentosa, com voz aprimorada que passeava com desenvoltura pelo soul revitalizado e flertava com elementos do rhytm’n’blues e do jazz — Amy era musicalmente apurada —, tenha ido embora tão cedo. Mas o que dela a gente vai guardar não é perecível como o tempo de validade de todos os exemplares da vida animal: é, sim, um acervo musical que nem precisou ser extenso para mostrar qualidade. Isso dura feito diamante.

A dor, porém, é implacável e, tal como na época da morte de Janis Joplin, Elis Regina, Jimi Hendrix, Curt Cobain, deixa órfã uma legião de apreciadores da boa música. O sábado amanheceu com um soco no estômago, deflagrado pela notícia de que a cantora britânica se foi. Nem importa se era uma tragédia anunciada, já que a conturbada relação de Amy com álcool e drogas não deixava dúvida de que sua trajetória seria abreviada. Gosto amargo, esse. É, Amy. Durante muito tempo, a menção do nome Amy Winehouse vai deixar muitos de nós com a sensação de back to black. Onde quer que você esteja, seu melhor está por aqui , com permanência ilimitada.

Exame detecta a idade fértil da mulher

Cinqüenta anos após o surgimento da pílula anticoncepcional, um exame não-invasivo tem auxiliado as mulheres a programarem a maternidade com segurança. A técnica foi tema do estudo da Dra. Paula Fettback, do Grupo Huntington, um dos principais centros de medicina reprodutiva do Brasil.
Através da dosagem do Hormônio Antimülleriano (AMH), produzido pelas células da granulosa dos ovários, pode-se estimar de forma indireta se a quantidade de óvulos disponíveis está acima, na média ou abaixo do esperado para a idade e, desta forma, estimar a longevidade reprodutiva. O novo exame tornou-se um forte aliado dos profissionais que atuam na área e provavelmente em breve será solicitado rotineiramente nos consultórios ginecológicos para as pacientes por ser uma valiosa ferramenta no planejamento do futuro reprodutivo, pessoal e profissional da mulher moderna. Outro diferencial é que ele pode ser realizado em qualquer período do ciclo menstrual, pois não apresenta oscilação e risco de interferências hormonais.

O estudo foi apresentado no Congresso Brasileiro de Reprodução Humana, em 2010, e analisou os índices do AMH nos folículos ovarianos de 900 mulheres em idade reprodutiva, através de um exame de sangue. “Trata-se de uma nova e importante ferramenta para avaliarmos e estimarmos quanto tempo as mulheres podem planejar a maternidade, inclusive sugerindo a necessidade de preservar a fertilidade através de congelamento de óvulos, por exemplo.”, esclarece a Dra. Paula Fettback.

Com o AMH é possível estimar não apenas a reserva ovariana, mas também avaliar uma possível falência ovariana precoce, quadro que dificulta a realização dos tratamentos de fertilização, indiferente da idade da paciente. A pesquisa apontou que valores de AMH maiores ou igual a 1,0 mg/ml, geralmente, associam-se a melhores resultados.

“Assim como o envelhecimento da nossa pele com a perda de elasticidade, luminosidade e o surgimento de rugas e linhas de expressão, o nosso aparelho reprodutivo também passa por algumas mudanças físicas. O fato é que a queda de produção do AMH geralmente se inicia por volta dos 35 anos, diminuindo as chances de engravidar. Nesse período, a mulher ainda apresenta boas taxas de gestação. Já a partir dos 40 esperam-se maiores dificuldades na recuperação de oócitos, fertilização e conseqüentemente gravidez.”, informa Dra. Paula.
Correio Brziliense

Bactérias do bem: saiba como os probióticos atuam no seu corpo

Quando se fala em bactéria, todo mundo se assusta e fica com um pé atrás. Mas nem todas elas nos trazem problemas de saúde. Afinal, não existem apenas bactérias patogênicas, aquelas que causam doenças. Também existem aquelas que “não sabem muito bem o que fazer” diante de um organismo, ou seja, não têm uma função previamente definida, e há aquelas bactérias que favorecem muito a nossa saúde, se desenvolvidas em condições ideias. Essas são as chamadas probióticas.

Vale lembrar que nem todas as bactérias que não causam doenças aos seres humanos podem ser consideradas probióticas. Para ser considerada probiótica, a bactéria necessita ser um micro-organismo que chegue vivo e ativo no intestino; ser comprovadamente seguro; exercer benefício clinicamente comprovado e permanecer vivo, estável e estar em quantidades suficientes na forma de células vivas no produto até o prazo final de validade. Portanto, a classificação sobre as propriedades probióticas de uma bactéria depende de testes rigorosos e de profissionais altamente especializados para, só depois disso, serem realizados os experimentos para a associação a certos alimentos propícios, como o iogurte e o leite.

É importante não confundir prebióticos e probióticos. Equívoco bastante comum entre leigos no assunto. Ambos são diferentes. Os probióticos são micro-organismos vivos que, quando ingeridos em quantidades adequadas, conferem benefícios à saúde. Já os prebióticos são alguns tipos de fibras que servem como essência para os probióticos no trato gastrintestinal. Os dois são importantes, mas os prebióticos são úteis para “alimentar” os probióticos, que assim se desenvolvem e nos trazem benefícios.

As bactérias ajudam no combate a doenças, melhorando a imunidade

O trato gastrintestinal é o órgão com maior superfície de contato com o meio externo, sendo que cerca de 70% das nossas células de defesa encontram-se no intestino. Por isso, manter a saúde da flora intestinal pode trazer inúmeros benefícios como ajudar na manutenção da imunidade. No intestino possuímos células especializadas que reconhecem a superfície externa das bactérias. Se a bactéria for um probiótico, as células vão identificar como micro-organismo benéfico, sem ativar resposta agressiva. Se for uma Salmonella, por exemplo, a resposta será agressiva para eliminar a bactéria patogênica e trazer incômodos ao paciente.

Além disso, as bactérias habitam o nosso trato gastrintestinal e produzem, por exemplo, vitamina B12, vitamina K, ácido fólico e biotina. O intestino e a flora cumprem diversos papeis relacionados ao funcionamento do corpo humano. O intestino é o principal ponto de contato do corpo com o meio externo e é onde se encontram cerca de 70% das células de defesa, por isso manter a flora equilibrada é um dos fatores importantes para boa saúde.

Há mais detalhes importantes sobre os probióticos

Nem todo alimento é probiótico e traz todas as vantagens deste tipo de produto simplesmente por ser produzido a partir da fermentação de bactérias, como é o caso do iogurte e do queijo. Alguns são, mas isso não é regra. Também vale lembrar que vários estudos já mostraram que o alimento que traz no rótulo a classificação de probiótico interfere na sua ação no organismo. A matriz preferencial é a láctea, graças às suas características: possui pH favorável e é veículo de probióticos de fácil inserção na dieta para que seu consumo seja frequente.

É importante o consumo frequente de probióticos para ajudar na manutenção do seu equilíbrio da flora intestinal, que sofre constantes alterações. O probiótico não coloniza o intestino, portanto para manter seu benefício, deve ser consumido regularmente.
Correio Brasiliense

Tamanho e diversidade do Brasil são desafios para segurança nas fronteiras

A extensão da fronteira brasileira, quase 17 mil quilômetros, e a diversidade do país são os principais desafios para a segurança pública nessas regiões. A avaliação é da presidenta Dilma Rousseff, que comentou hoje (25) o balanço do primeiro mês do Plano Estratégico de Fronteiras.

Em 30 dias, 550 pessoas foram presas em flagrante. Além disso, 10,5 toneladas de maconha e 500 quilos de cocaína foram apreendidos nas fronteiras do país.

O plano, coordenado pelos ministérios da Justiça e da Defesa, envolve ações da Polícia Federal, da Polícia Rodoviária Federal, da Força Nacional de Segurança e das Forças Armadas. A iniciativa visa a fortalecer as ações de controle nas fronteiras.

“O tamanho do Brasil e a diversidade da nossa geografia são os grandes desafios para a segurança na fronteira brasileira. São quase 17 mil quilômetros de extensão. E, para cada região, precisamos ter estratégias diferentes”, avaliou Dilma no programa semanal de rádio Café com a Presidenta.

A repressão à entrada de drogas e armas em território brasileiro é uma das principais frentes do plano, e, segundo Dilma, complementa outras ações da política de segurança pública do governo. “Quando impedimos a entrada de drogas e armas no país, evitamos que esses produtos cheguem às cidades, às comunidades e às favelas. E aí, esta operação se soma às várias ações que estamos implementando nos centros urbanos, como as UPPs [unidades de Polícia Pacificadora]”, disse.

Além das ações policiais, o plano prevê investimentos em tecnologia e inteligência. Segundo Dilma, o Ministério da Defesa está elaborando um sistema que vai permitir o monitoramento por satélite das fronteiras. “É impossível imaginar que quase 17 mil quilômetros de fronteira possam ser monitorados só com policiais e soldados. É preciso usar informações e ter equipamentos que permitam planejar as ações”, ressaltou a presidenta.
Correio Braziiense

Polícia mata uma pessoa no Brasil a cada cinco horas

A cada cinco horas, uma pessoa é morta no Brasil pela polícia. São 141 assassinatos por mês ou 1.693 ao ano. O dado, resultado de cruzamento feito pelo Correio a partir das estatísticas de mortalidade por força policial do Ministério da Saúde e das ocorrências registradas nas secretarias de Segurança Pública do Rio de Janeiro e São Paulo, refere-se a 2009. De 2010 para cá, a violência não cessou. Pelo menos 1.791 pessoas já perderam a vida pelas mãos dos homens fardados. Um deles foi Juan Morais, de 11 anos, executado em 20 de junho a tiros de fuzil disparados por policiais militares na favela Danon, Nova Iguaçu, conforme mostraram as investigações da Polícia Civil do Rio. Os assassinatos cometidos pela polícia seguem a lógica da violência em geral: 70% dos mortos são jovens de 15 a 29 anos. Entre os 5 e 14 anos, a faixa etária de Juan, foram 28 mortos, de 2006 a 2009.

“Não fosse a pressão das entidades de direitos humanos, da Assembléia Legislativa do Rio e da imprensa, Juan seria eternamente um desaparecido, como tantos outros”, afirma Sandra Carvalho, diretora da Justiça Global, organização não governamental que faz pesquisas nacionais sobre violência policial. Para ela, o caso do menino é emblemático porque mostra artimanhas utilizadas pela polícia para matar impunemente. “Uma é o chamado ‘auto de resistência’ ou ‘mortes em confronto’, como as corporações costumam registrar todas as mortes provocadas por eles. A outra maneira de acobertar parte das execuções é exatamente ocultando o cadáver”, diz.

No ano passado, no Rio, foram registradas 545 mortes por força policial, o maior número no país. No ano anterior, foram 495 — 116 a menos que os 611 registrados em 2008. O número de desaparecidos naquele estado varia de 4,6 mil e 5,4 mil por ano. Em nota, a Secretaria de Segurança Pública fluminense ressaltou que, desde 2007, 947 policiais militares e civis foram expulsos da corporação — a maior parte por crime de homicídio — e houve queda de 22% nos autos de resistência. As autoridades de São Paulo, que junto com o Rio respondem por praticamente 80% dos assassinatos cometidos por policiais no Brasil que chegam aos registros oficiais, informou que nos últimos dois anos 30 policiais civis foram punidos por mortes em confronto. Já a PM paulista afirma que houve redução das mortes em confronto. Em 2010, os óbitos representaram 17% do total de intervenções, 6% a menos que no ano anterior.

Há dificuldade em mapear as mortes. As únicas informações oficiais disponíveis no Brasil são do Ministério da Saúde com base no Sistema de Informações sobre Mortalidade (SIM). Divergem, no entanto, dos números da segurança pública estadual e são prejudicadas por subnotificações. O Distrito Federal, por exemplo, registrou apenas três mortes por intervenção letal desde 2004. O número é o mesmo de Goiás, onde investigações da Polícia Federal identificaram a ação de um grupo policial de extermínio no estado. Em Minas Gerais, o SUS registra 24 mortos entre 2004 e 2009. Porém, estudos da Secretaria de Defesa Social do estado mostram que, somente em 2007, 74 pessoas foram mortas em conflitos com a polícia mineira.

Forças de paz

Especialistas da área de segurança pública sustentam que a violência policial no Brasil é reflexo da ineficiência do processo de transição. “As forças policiais têm uma missão insubstituível para o funcionamento do sistema democrático”, afirma Juan Faroppa, consultor da Corte Interamericana de Direitos Humanos. Faroppa ressaltou a existência de policias militares no Brasil como resquício do regime militar, ao contrário de outros países. A letalidade da polícia brasileira também assusta.

“É preciso uma reforma transformando forças de segurança em forças de paz”, disse ele durante o Congresso Internacional de Justiça de Transição, em Brasília, no início do mês. Ele destaca medidas como profissionalização da polícia, independência da organização e despartidarização. “O processo de desmilitarização tem de ter estrutura hierárquica, o sistema disciplinar e os direitos humanos.”

Pesquisa

O levantamento feito pelo Correio Braziliense levou em consideração os dados de óbitos por intervenção legal do Ministério da Saúde e os autos de resistência das secretarias de segurança pública do Rio de Janeiro e de São Paulo. Para evitar a duplicidade de mortos, foram excluídos os registros do SUS dos dois estados.
do Correio Braziliense

Número de brasileiros sozinhos triplica em 20 anos

A família tradicional, com pai, mãe e três filhos, está cada vez mais rara no Brasil. Pela primeira vez na história, o número de pessoas morando sozinhas ultrapassou o das famílias com cinco integrantes. Hoje, os domicílios com apenas um morador já são 12,2% do total, ante 10,7% das residências com cinco pessoas. Os brasileiros solitários já somam 6,9 milhões - quase três vezes mais que os 2,4 milhões de 1991.
Os dados constam de um recorte inédito feito pelo Estado nos dados do Censo Demográfico de 2010, realizado pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE). A pesquisa revela que o País está seguindo uma tendência internacional: há cada vez menos gente dividindo o mesmo teto. Em 1960, a média de moradores por domicílio era de 5,3 pessoas. Cinquenta anos depois, caiu para 3,3. Ainda assim, é bem maior do que a proporção em países europeus e nos Estados Unidos: por volta de 2,5.
Existem, porém, duas grandes diferenças no aumento dos “solitários” brasileiros registrado na última década. A primeira é a intensidade - de 2000 para cá, o ritmo de crescimento dos domicílios com apenas um morador foi cerca de 15% maior do que na década anterior. A outra é a participação das cidades médias: morar sozinho era um comportamento mais restrito às grandes cidades. Mas, nos últimos dez anos, o avanço de casas e apartamentos com apenas um morador foi quase 40% maior em cidades de 100 mil a 500 mil habitantes que nos grandes municípios.
As principais explicações para esse fenômeno são o crescimento no número de idosos e o aumento na renda média do brasileiro. As informações são do jornal O Estado de S. Paulo.

UFRN disponibiliza formulário de inscrição para vestibular 2012

A Comissão Permanente do Vestibular da Universidade Federal do Rio Grande do Norte (Comperve) disponibilizou nesta segunda o formulário de inscrição para o exame de 2012. O formulário pode ser visto através do site www.comperve.ufrn.br

De acordo com a Comperve, a inscrição será feita exclusivamente via Internet. Para inscrever-se, o candidato deverá, obrigatoriamente, ter Cadastro de Pessoa Física (CPF), documento de identificação e preencher todos os campos do Formulário de Inscrição.

A taxa de inscrição será no valor de R$ 110,00 (cento e dez reais) para os candidatos pagantes. A inscrição deverá ser feita a partir das 8 horas do dia 25 de julho até às 23h59min do dia 28 de agosto de 2011, observando os seguintes procedimentos: acessar o sítio da COMPERVE (www.comperve.ufrn.br), no qual estarão disponíveis o Edital do Vestibular 2012 e o Formulário de Inscrição; preencher integralmente o Formulário de Inscrição de acordo com as instruções constantes nele; imprimir a Guia de Recolhimento da União (GRU), no caso de candidato pagante e o Comprovante de Inscrição, no caso de candidato isento; e efetuar o pagamento da taxa de inscrição até o dia 29 de agosto de 2011, no local indicado na GRU.
Diário de Natal

Homem é preso acusado de abusar sexualmente de criança de 12 anos no RN

A Polícia Militar de São João do Sabugi, na região Seridó do estado, prendeu na manhã de ontem o jovem George Alves Medeiros, 28 anos. Ele é acusado de abusar sexualmente de uma criança de 12 anos.
Momentos depois, George foi preso acusado em uma residência onde supostamente teria praticado o ato sexual com a criança. Ele está preso na Delegacia de Polícia Civil em Caicó aguardando os procedimentos. A criança deverá passar por exames para comprovar ou não a violência sexual.
Por Eduardo Dantas

sexta-feira, 22 de julho de 2011

RN ganhará 44 novas unidades básicas de saúde

Da redação do Diário de Natal
O Rio Grande do Norte vai receber do R$ 10,8 milhões do Ministério da Saúde para construir 44 unidades básicas de saúde. Os recursos são do Programa de Aceleração do Crescimento 2 (PAC 2). O objetivo do governo federal é intensificar as ações para consolidar o novo modelo de atenção básica em saúde no Brasil. O investimento total no país será de R$ 336,8 milhões em 2011. As unidades serão construídas seguindo novos parâmetros arquitetônicos (quantidade de salas e espaço físico) e de atendimento (acolhimento e classificação de risco). O ministério já liberou a primeira parcela para a construção de 1.219 UBS, em todos os estados, incluídas no Programa Brasil sem Miséria.

"O novo modelo para a atenção básica, que inclui a reforma e construção de unidades básicas de saúde, é uma prioridade do Governo Federal na estratégia de reduzir as desigualdades no país. Inclusive, no novo modelo de financiamento, os repasses para os municípios prioritários, seguindo critérios de desenvolvimento socioeconômico, são maiores",ressalta o ministro da Saúde, Alexandre Padilha.

O investimento para cada unidade leva em conta a classificação da UBS e o número de Equipe de Saúde da Família (ESF) vinculadas a elas. Por exemplo: unidades básicas de saúde com uma ESF recebem o incentivo de R$ 200 mil. Com duas ESF, o valor é de R$ 266,6 mil; e com três ESF, de R$ 400 mil. Acima desse número de ESF, os valores repassados variam de acordo com a análise de cada processo.

A estratégia de fortalecimento da atenção básica inclui, também, a reforma e a ampliação das 36,8 mil unidades em funcionamento atualmente no país. Essas UBS vão passar por uma padronização da infraestrutura, de acordo com critérios para garantir a humanização do atendimento. Até o fim do ano, o Ministério da Saúde finalizará um diagnóstico preciso das necessidades de cada UBS no Brasil, para definir o volume de recursos necessários para os municípios realizarem as obras.

As UBS - novas e antigas - terão consultórios para todos os profissionais de saúde (médicos, dentistas eenfermeiros); sala de recepção com espaço amplo para os pacientes aguardarem o atendimento; sala de acolhimento, onde os profissionais farão a triagem do paciente, com diagnóstico e classificação de risco do problema de saúde; além de uma sala de observação, para primeiro atendimento de urgência. Todas as unidades estarão conectadas à internet por meio da rede banda larga.

Apagão de talentos e a competitividade brasileira

É comum a pergunta, por quê com tanta riqueza e potencial, o Brasil perde em competitividade para outros países? A resposta é um coletivo de problemas, tributos, infra-estrutura, educação, corrupção, insegurança, falta de planejamento e outras questões mais “cabeludas”. E quando comparamos com países do BRIC (Bloco Brasil, Rússia, Índia e China), além de Coréia do Sul e outros países asiáticos o cenário futuro é mais preocupante, na maioria das comparações perdemos pela falta de mão de obra qualificada (técnica), e com qualidade.

Nossas empresas hoje no Brasil ainda importam muita mão de obra, e praticamente em todos os setores de base, sem contar os setores tecnológicos. Hoje é categórico que vivemos literalmente um apagão de talentos, ou de mão de obra com técnica e qualidade, e muito disso tem um conjunto de culpados. Sejam por falta de políticas públicas, de forma histórica, pela deficiência histórica de nosso sistema educacional, e principalmente de base, a falta de atração no ensino, para muitos estudantes brasileiros a escola é “chata”, a falta de incentivos por parte da família nas questões escolares, a falha no ensino de matemática na base e com isso afugenta muitos brasileiros nos estudos de exatas, e na seqüência nas engenharias, e o principal a falta de investimento direto em formação técnica.

Os tributos têm um impacto violento contra nossa competitividade, mas hoje pela aceitação do Brasil no sistema internacional, pelo mercado potencial que temos, a falta de profissionais afeta mais diretamente as indústrias e principalmente a inovação nos produtos brasileiros, e na criação de valor agregado.

E o problema parece que ainda está crescente. Por exemplo, mais de 5 milhões de estudantes brasileiros no ensino médio estão fora de suas séries de equivalência e progressão, sem contar o crescimento na evasão escolar por dois grandes motivos, primeiros emprego e que a escola não é atrativa (por isso da necessidade de investimentos no ensino técnico). Com isso podemos esperar no futuro um problema maior. Empresas como Petrobras, Vale, Embraer e outras são obrigadas a buscar profissionais nas diversas áreas em países da Europa, Ásia e Estados Unidos. E a situação ainda é mais precária, pois em setores mais simples, como gastronomia e hotelaria, o cenário é trágico, pois não existem profissionais básicos e com alguma língua estrangeira, parece que para alguns brasileiros até o português é língua estrangeira.

Outro problema, muitas empresas estrangeiras deixam de investir no Brasil pelas questões fiscais e tributárias, mas um dos maiores problemas é falta de profissionais qualificados para atender suas demandas de produção. Por exemplo a produção do IPad no Brasil foi postergada por motivos de falta de engenheiros. A Petrobras em seu último concurso não conseguiu atender as suas demandas por engenheiros e administradores, e por aí vai.

Educação e formação técnica com qualidade é a solução para o Brasil. Pode resolver diversos problemas sociais, aumentar nossa riqueza interna, e o melhor aumentar em pelo menos 30% a renda do brasileiro, pois quanto mais titulado ele está, mais riqueza ele gera.

Nossa competitividade terá um avanço desde que busquemos, e isso é um trabalho coletivo, governo, empresas e sociedade, formação e educação com qualidade, e que o brasileiro entenda que escola vai além de uma sala de aula, é um local de transformação de uma sociedade, de um país e principalmente para colocar o Brasil no lugar que ele merece, no topo

Fábio Pereira Ribeiro

quinta-feira, 21 de julho de 2011

Começa hoje a Festa de Sant' Ana de Caicó

Começa hoje mais uma Festa de Sant’ Ana de Caicó. É a maior Festa sócio-religiosa do Rio Grande do Norte e uma das maiores do Nordeste. Durante a Festa de Sant’ Ana vários eventos sócio-religiosos mobilizam os caicoenses e os visitantes. Destaques para a festa do ex-aluno do Colégio Diocesano Seridoense(CDS), no próximo sábado(23); a Feirinha de Sant’ Ana, que será realizada no dia 28; Feira de Artesanato; Baile dos Coroas; além de festas na Ilha de Sant'Ana e nos clubes.

Uma diversidade enorme de atividades. Na parte religiosa, destaques para a procissão de abertura oficial da Festa de Sant’ Ana, nesta quinta-feira(21), a partir das 16h30; novenário; Missa de encerramento da Festa, no dia 31, às 10 horas; e a grande procissão que encerra os festejos da padroeira de Caicó, no dia 31, às 16h30. A Festa de Sant’ Ana de Caicó também leva ao município o mundo político do Estado. Dois eventos reúnem o maior números de políticos: a Feirinha de Sant’ Ana e o Baile dos Coroas. Além de ser o maior evento sócio-religioso do Estado, a Festa de Sant’ Ana de Caicó é uma “Festa Charmosa”.
Por Geraldo Oliveira

Pombal começa a skentar!!

Lançamento do CD “Elas cantam o BEM” com renda para a APAE acontece nesta quinta

Na abertura oficial da Festa de Santana 2011, o Pavilhão Cultural será de lançamento de CD. “Elas cantam o BEM”, surgiu da idéia da cantora e radialista Vânia Nóbrega, que convidou outras vozes como a também radialista e cantora Mell Foster, Lourrara Taiany, Jéssica Dantas e Simara Melo para gravar um CD, onde toda a renda com sua venda será revertida para a Associação de Pais e Amigos dos Excepcionais, que tem convivido nos últimos anos com imensas crises financeiras.

O repertorio bem selecionado traz músicas como Olha de Roberto Carlos, Estranha Loucura de Alcione, além de Paula Fernandes, até as mais tocadas nos repertórios da Música Popular Brasileira. Foram gravadas 500 cópias, que serão vendidas ao preço de apenas 10 reais. A arte na capa do CD foi feita pela empresa Fator 4.

por Robson Pires

Festa de Sant'Ana de Caicó recebe título de Patrimônio Imaterial Cultural do Brasil

A tradicional Festa de Sant'Ana, que começa hoje (21) e encerra no dia 31, tem um componente a mais este ano para incrementar os festejos, atrair turistas e encher o povo seridoense de orgulho de sua terra. O bispo da Diocese de Caicó, Dom Manuel Delson Pedreira da Cruz, e o prefeito da cidade, Bibi Costa, além de outras instituições que promovem o evento vão receber no último dia de comemorações, das mãos de representantes do Instituto do Patrimônio Histórico e Artístico Nacional (Iphan), o título de reconhecimento da Festa de Sant'Ana como Patrimônio Imaterial Cultural do Brasil.

Esta é a primeira edição da festa após a inscrição no Livro de Registro das Celebrações que aconteceu no dia 10 de dezembro de 2010. Apenas as festas religiosas do Círio de Nazaré, na cidade Belém do Pará, e a Festa do Divino Espírito Santo, em Pirenópolis (Goiás), têm o mesmo título.

Para o prefeito de Caicó, Bibi Costa, o reconhecimento é um verdadeiro atestado do patrimônio que jáexiste e motiva não apenas as autoridades a trabalharem mais, como o próprio seridoense a entender a grandeza deste evento. "Isso nos enche não apenas de orgulho, mas sobretudo de responsabilidade para mover todos os meios de preservar essa cultura e possibilitar aos visitantes um evento de qualidade", disse o prefeito.

O bispo da Diocese de Caicó, Dom Manuel Delson Pedreira da Cruz, também exaltou o reconhecimento. Para ele, a festa ganha um valor enorme com esse título aumentando mais ainda o peso cultural, religioso e social que o evento já congrega. "Como igreja sentimos uma grande satisfação por esse título, não apenas porque são poucas festas religiosas no país que o detém, mas porque sabemos do efeito simbólico e devoção que é muito grande para todas as famílias do Seridó", ressaltou o bispo.

Segundo explica o arqueólogo do Iphan, Onésimo Santos, o principal efeito deste reconhecimento é que, a partir de agora, o Iphan poderá trabalhar na elaboração de projetos que visem a preservação da festa. Nos dois dias seguintes à cerimônia de entrega acontecerão as primeiras reuniões sobre o Plano de Salvaguarda da festa. Entre as diretrizes estabelecidas durante a instrução do processo de registro para sua salvaguarda estão: a implantação de ações que incentivem e garantam a transmissão dos saberes das mestras de chouriço e do ofício das bordadeiras; a implementação de um Programa de Educação Patrimonial em escolas da rede pública para difundir o conhecimento a respeito do patrimônio cultural nacional e local; e a criação de um Memorial de Sant'Ana e de um roteiro histórico da festa para que visitantes e moradores de Caicó tenham contato com os principais monumentos e lugares importantes dessa localidade.

Uma história de 260 anos

Os estudos do Iphan começaram em 2007 com o levantamento das referências culturais do Serido, em que participaram antropólogos, sociólogos e historiadores, sobressaindo-se a Festa de Sant'Ana como cultura massiva do Seridó. "O estudo detectou uma cultura muito marcada por características próprias em relação ao sertão de outros estados", disse Onésimo, explicando que outro estudo foi realizado sobre a festa que culminou com a produção de um dossiê com a riqueza cultural do evento. A festa de Sant'ana é uma celebração que ocorre há mais de 260 anos e reúne diversos rituais religiosos, profanos e outras manifestações culturais da região do Seridó.

Além de uma celebração representativa para este município, ela permite também vislumbrar a diversidade das manifestações culturais e possibilita a compreensão abrangente do Seridó potiguar. Fora do aspecto religioso, 19 outras festas no Brasil têm o mesmo título. O primeiro reconhecimento foi o Ofício das Paneleiras de Goiabeiras, no Espírito Santo outras manifestações são ligadas à cultura, como a Feira de Caruaru, o Ofício das Baianas de Acarajé e o toque dos Sinos em Minas Gerais.

Lendas

O culto a Sant'Ana, que na tradição católica é a mãe de Maria e avó de Jesus, foi formalizado pela Igreja Católica no século XIV e teve sua data fixada em 26 de julho no século XVI. Em Caicó, que tem a santa como padroeira, o culto está vinculado à fundação da cidade, no século XVII. A construção da primitiva capela de Sant'Ana, em 1695, e a história de alguns milagres da santa motivaram a devoção do seridoense por Sant'Ana. Conta a lenda que a construção da capela foi um gesto de gratidão. Um vaqueiro, ameaçado por um touro bravo, pediu ajuda a Sant'Ana.

Durante a construção da capela, mais uma vez a comunidade pediu auxílio à santa para impedir a seca do poço de água no leito do rio Seridó. Sant'Ana ajudou e o poço nunca mais secou, tendo sido possível terminar a construção da igreja. O Poço de Sant'Ana existe até hoje e faz parte de todas as narrativas sobre a origem da cidade.Atualmente, os eventos religiosos concentram-se ao redor da Catedral de Sant'Ana, mas envolve o unicípio com procissões, carreatas e cavalgadas.
De Francisco Francerle

Dia do amigo

Uma vida sem amigos
É como nunca ter nascido!
Amigos são como abrigos
Para o bem fortalecido!


Gilberto Costa

quarta-feira, 20 de julho de 2011

PF investiga suspeita de fraude em Aeroporto de São Gonçalo

Da redação do Diário de Natal com informações da Folha
A Polícia Federal abriu nesta terça-feira (19), três inquéritos para investigar suspeitas de desvios na construção do novo aeroporto internacional de São Gonçalo, localizado na região da Grande Natal. O projeto é considerado um dos principais projetos de transportes para a Copa do Mundo de 2014 e está com suas obras de infraestrutura básicas, executadas pelo Exército.

O aeroporto será operado pela iniciativa privada e foi vendido pelo governo como modelo para o Mundial. O Ministério Público Federal suspeita que a Força pagou a uma empresa por serviços que teriam sido prestados pelos próprios militares. O caso também é investigado pelo Ministério Público Militar, que apura a suspeita de participação de oficiais em possíveis desvios. Em ofício enviado à PF, a rocuradora Cibele da Fonseca, da Procuradoria da República no Rio Grande do orte, pediu investigação da suposta prática do crime de peculato (desvio praticado por servidor público).

Ela investigou quatro licitações do Exército vencidas pela empresa Pedreira potiguar entre 2008 e 2010. As principais suspeitas estão ligadas a uma oncorrência de R$ 13,2 milhões, feita pelo 1º BEC (Batalhão de Engenharia de construção) do Exército em 2008, para o fornecimento de asfalto usado nas pistas de pouso e nos pátios do aeroporto. Já foram pagos R$ 12,6 milhões. A
empresa negou qualquer irregularidade, e o Exército disse que não se manifestaria durante a investigação (leia texto abaixo).

INDÍCIOS

Segundo informações que a Folha apurou, a Procuradoria de Justiça Militar no Recife já tem indícios de que o 1º BEC teria feito pagamentos à empresa em troca de material produzido na usina de asfalto do batalhão. A Procuradoria Militar encontrou evidências de que parte dos serviços de construção de canaletas foi feita por soldados do batalhão e não por funcionários da empresa, como previa o edital de uma das licitações

Justiça tira do calendário e proíbe dinheiro público na Marcha Para Jesus

A Justiça do Distrito Federal retirou a Marcha para Jesus do calendário oficial de eventos de Brasília. Por meio de uma liminar, o Conselho Especial do TJ-DFT (Tribunal de Justiça do Distrito Federal e dos Territórios) suspendeu a eficácia de uma lei que também destinava recursos públicos para o evento.

O Governo do DF havia ajuizado Adin (Ação Direta de Inconstitucionalidade) por entender que a lei criava uma nova atribuição para a Administração Pública e, dessa forma, aumentava as despesas para os cofres públicos, ferindo a Lei Orgânica do Distrito Federal.

O relator do processo no Tribunal alegou que a norma sofre do vício de inconstitucionalidade formal, pois deveria ter sido originada de projeto de lei de autoria do governador e não de um parlamentar. Declarou ainda que, mesmo tendo passado mais de uma década da edição da lei, a norma impõe ônus de ordem financeira ao DF.

O efeito da decisão do TJ vigora até o julgamento definitivo do Conselho. O relator considerou ainda que a liminar deveria ser concedida para resguardar o orçamento público.
por Equipe Na Boca do Mundo

Qualidade da água preocupa em regiões metropolitanas

Estudo divulgado hoje pela Agência Nacional de Águas (ANA) aponta que a qualidade da água está ruim ou péssima em 9% dos pontos monitorados em todo o País. A situação é mais problemática em regiões metropolitanas e cidades de médio porte, como Campinas (SP) e Juiz de Fora (MG).

Os dados, de 2009, são referentes a 1.747 pontos de monitoramento, que funcionam como estações de medição da qualidade da água especificamente para analisar a contaminação pelo lançamento de esgoto. Da amostra total, a qualidade foi considerada "boa" em 71% dos pontos monitorados, "regular" em 16% e "ótima" em apenas 4%.

O número de pontos monitorados não reflete o número de rios ou a quantidade de recursos hídricos do País, já que em um mesmo rio pode haver mais de um ponto. Na análise anterior, de 2008, 10% dos pontos foram considerados como de "ótima qualidade".

Considerando a série histórica do período entre 2002 e 2009, houve melhora na Bacia do Rio das Velhas (Minas Gerais), na Bacia do Rio Paraíba do Sul (São Paulo, Minas Gerais e Rio de Janeiro) e nas bacias do Rio Piracicaba (São Paulo), do Rio Sorocaba (São Paulo) e Grande (Minas Gerais e São Paulo). "Temos áreas sensíveis, que têm a ver particularmente com áreas urbanas com a contaminação com esgoto ou ausência de saneamento, e áreas com melhoria expressiva do índice de qualidade de água, que mostram que as políticas de intervenção em termos de saneamento estão dando resultado na qualidade", disse a ministra do Meio Ambiente, Izabella Teixeira.

Lançado hoje, o Relatório de Conjuntura dos Recursos Hídricos no Brasil - Informe 2011 mostra que a prática de irrigação é responsável por 69% do consumo de água do País, ante 7% da atividade industrial. "Temos de entender se essas áreas de irrigação estão colocadas em áreas vulneráveis de oferta de recursos hídricos no futuro, para que você possa assegurar produção agrícola com oferta de água ou se vai ter de redirecionar em função dos cenários", observou Izabella.

De acordo com o relatório, 563 municípios decretaram situação de emergência ou estado de calamidade pública no ano passado, em virtude de cheias provocadas por chuvas. Os Estados de São Paulo Rio de Janeiro, Alagoas, Pernambuco, Bahia e a região Sul concentraram o maior número de casos.
Fonte:Portal Exame

Nova secretária adjunta da saúde é nomeada

Foi publicado no Diário Oficial do Estado, na data de ontem (20), a nomeação de Maria das Dores Burlamaqui de Lima para exercer o cargo de Secretária Adjunta da Secretaria de Estado da Saúde Pública (Sesap), em substituição a Ana Tania Sampaio, que foi nomeada professora da Universidade Federal do Rio Grande do Norte (UFRN), após concurso público.

Dorinha Burlamaqui exercia anteriormente o cargo de Subsecretária de Planejamento e Gestão da Sesap, respondendo pelos municípios da região Oeste.

A nova secretária adjunta da Saúde é economista, professora universitária e já ocupou os cargos de Gerente Executiva da Saúde do município de Mossoró, na gestão da ex-prefeita Rosalba Ciarlini - atual governadora do Estado -, e também na primeira gestão da atual prefeita de Mossoró, Fafá Rosado. Exerceu os cargos de Secretária de Ação Social da Prefeitura Municipal de Mossoró e gerente da Legião Brasileira de Assistência (LBA).

"O meu desejo é contribuir com os serviços de saúde do Estado, somando na gestão da Governadora Rosalba Ciarlini. Estarei somando ao secretário Domício Arruda e toda a equipe da Sesap", disse Dorinha Burlamaqui.
Fonte:Governo no RN

1ª Mostra Cartaz de Cinema Nordestino têm inscrições abertas

Estão abertas as inscrições para a 1ª Mostra Cartaz de Cinema do Novíssimo Audiovisual Nordestino. Promovida pelo www.cartazdecinema.com.br, a mostra – não competitiva – tem como foco vídeos e filmes de curta e micrometragens produzidos por jovens realizadores do Nordeste, seja em atividades acadêmicas, associações comunitárias, ONGs, pontos de cultura, oficinas, cursos ou de forma independente. Os interessados podem enviar seus trabalhos até o dia 29 de julho, caso prefiram postar pelo correio, e até 5 de agosto, pela internet.

Os trabalhos inscritos dentro do prazo serão avaliados por uma curadoria formada pela equipe do Cartaz de Cinema e profissionais convidados. Os nomes dos selecionados serão divulgados até o dia 8 de agosto, no www.cartazdecinema.com.br.

A atividade dá sequência ao projeto Cartaz de Cinema, iniciado com o site www.cartazdecinema.com.br e que tem como objetivo difundir, debater e incentivar a produção do audiovisual no Nordeste. A mostra será itinerante e percorrerá diferentes cidades do Nordeste, que serão anunciadas em breve. A ideia é desenvolver um trabalho contínuo, realizando exibições pelo menos uma vez por mês até o final do ano, em diversos espaços.

Fonte:Cartaz de Cinema

terça-feira, 19 de julho de 2011

Luciano Huck gravará programas do Caldeirão em Natal

O secretário de Turismo e Desenvolvimento Econômico de Natal, Tertuliano Pinheiro, informou que o programa "Caldeirão do Huck" divulgará pontos turísticos do Rio Grande do Norte em quatro programas seguidos, em setembro.

Segundo ele, Luciano Huck vai apresentar o quadro "As Musas do Brasileirão" em locais como Morro do Careca, dunas de Jenipabu, cajueiro de Pirangi e outros.

A parceria, ainda de acordo com Tertuliano, não envolverá cota de merchandising ou qualquer outro tipo de publicidade. Pelo acordo firmado com a direção do programa, a equipe gravará em Natal mediante apoio logístico (passagem aérea, hospedagem e alimentação).

O secretário lembrou que o escalão precursor do "Caldeirão do Huck" chega nesta terça-feira (19) a Natal, para definir os locais das gravações.
Fonte:Destino do Sol

Poder no Brasil abriga até 43% da corrupção do mundo

Nos últimos anos, a economia brasileira avançou e virou referência para as nações ricas em crise, mas a chaga da corrupção ainda insiste em fazer sangrar parcela importante de tudo o que é pago pelo contribuinte. Dados da organização Transparência Internacional e projeções da Federação das Indústria do Estado de São Paulo (Fiesp) revelam que, no cenário mais otimista, o Brasil responde por 26% de todo o dinheiro movimentado pela corrupção no mundo. Na pior hipótese, esse índice alcança 43%. Enquanto as perdas médias globais anuais com o problema giraram perto dos R$ 160 bilhões nos últimos seis anos, o prejuízo nacional pode ter chegado a R$ 70 bilhões por ano — ou 2,3% do Produto Interno Bruto (PIB).

No dia a dia, não faltam episódios para engrossar as estatísticas que destroem a imagem brasileira mundo afora. O mais recente e, sem dúvida, o mais vultoso, envolve o Ministério dos Transportes. O escândalo que derrubou o ministro Alfredo Nascimento e vários assessores trouxe à tona, mais uma vez, prática antiga no mundo da corrupção: o superfaturamento. As suspeitas são de que, entre março de 2010 e junho de 2011, houve desvios de R$ 4,5 bilhões por meio de suspeitos aditivos em contratos referentes a 46 obras de ferrovias.

Mesmo se essa irregularidade for confirmada, a quantia só entrará nas projeções da Fiesp mais à frente. Por ora, a entidade conhece os números até 2008, ano em que a sangria chegou a R$ 41,5 bilhões, ou 1,38% do PIB. No mundo, entre 1990 e 2005, foram desviados em torno de US$ 300 bilhões (R$ 472,5 bilhões a valores da última sexta-feira), quantia que pode ter dobrado nos últimos seis anos, para US$ 600 bilhões (ou R$ 945 bilhões), conforme o Relatório Global da Corrupção, da Transparência Internacional.

Setor privado

Denúncias de superfaturamento em obras, como as de rodovias e ferroviárias, ou qualquer outro esquema de desvio de verbas, não passariam impunes se houvesse maior controle prévio dos acordos entre agentes públicos e companhias privadas no Brasil — que ocupa a 75ª colocação no ranking da corrupção elaborado pela Transparência Nacional. No mundo, há exemplos bem-sucedidos. Recém-aprovada, a legislação da Inglaterra chega a ser mais dura do que a dos Estados Unidos, onde a multa chega a 20% do benefício conseguido pelos corruptos. “O pagamento, na Inglaterra, é ilimitado e a indenização pode ser milionária”, afirma José Francisco Compagno, sócio da área de investigação de fraudes e suporte a litígios (FIDS) da Consultoria Ernst & Young Terco.

No Brasil, mais de 110 propostas se arrastam no Congresso Nacional para punir com mais rigor os casos de corrupção. Mas a aprovação esbarra na atuação dos próprios parlamentares. “Se tentamos aprovar uma lei mais dura, os próprios deputados jogam os projetos na gaveta. Eles se elegem com o dinheiro que vem da corrupção e isso cria um ciclo vicioso”, critica David Fleischer, professor de ciências políticas da Universidade de Brasília (UnB). “Os casos são descobertos, mas ninguém vai para a cadeia. Não há punição”, acrescenta.

Um dos projetos de lei em andamento que mais se aproxima da legislação aprovada no Reino Unido é o de nº 6.826/2010, que responsabiliza pessoas jurídicas pela prática de corrupção contra a administração pública nacional e estrangeira. A iniciativa é do Executivo, mas segue emperrada pela burocracia. Foi apresentada em fevereiro do ano passado, passou por várias comissões e aguarda encaminhamento da Câmara, apesar de a presidente Dilma Rousseff ter dado carta branca, em maio, para a constituição de uma comissão especial destinada a analisar o assunto. Só falta os partidos indicarem representantes — um movimento no qual eles não parecem engajados.
Fonte:Estado de Minas

Cientista renomado dispara contra políticos do RN: "Estão na idade média"

O renomado cientista Miguel Nicolelis concedeu uma entrevista ao portal IG, onde falou o seu livro “Muito Além do Nosso Eu” (Companhia das Letras). Em 552 páginas, ele explica ao público leigo os avanços da neurociência, em especial seu campo de estudo, conhecido como interface cérebro-máquina. Entre diversos assuntos abordados, Nicolelis falou do desejo em ver a ciência brasileira de ponta explorando o território nacional, não apenas o eixo Rio-São Paulo e criticou a polícia do Rio Grande do Norte em relação às condições de infraestrutura da escola em Natal.

De forma objetiva a reportagem do portal nacional, Nicolelis fala de suas declarações através da rede social twitter. “Não falo apenas de escola da escola, eu reclamo do estado, da prefeitura de Natal, que é uma catástrofe. Os políticos do Rio Grande do Norte estão ainda na Idade Média. É difícil convencê-los que o século 21 está aqui. E quando você fala isso, os setores que apoiam esses políticos caem matando. É um jogo bem baixo”, desabafou.

Miguel Nicolelis fundou o Instituto Internacional de Neurociências de Natal Edmond e Lily Safra, (que conta com uma “filial” em Macaíba, no mesmo estado), e fundou escolas de ciência para alunos da rede pública do País. São três escolas, em Natal, Macaíba e Serrinha, na Bahia.
IG

Grupo homofóbico agride pai e filho em SP; Vítima perdeu parte da orelha

Um homem teve a orelha mordida e decepada após ser agredido por um grupo de cerca de 20 pessoas, durante a Exposição Agropecuária Industrial e Comercial (Eapic) em São João da Boa Vista, no interior de São Paulo.

A vítima, de 42 anos, estava abraçada com o filho, de 18, quando foi abordada pelos agressores, que ainda não foram identificados. De acordo com a polícia, os agressores teriam perguntado se os dois eram gays. O homem tentou explicar que eles eram pai e filho e pouco depois, levou um soco.

O pai contou que desmaiou depois de ser golpeado no queixo e perdeu um pedaço da orelha, arrancado com uma mordida. O filho teve ferimentos leves.
Da redação do Diário de Pernambuco

Lei que cria o dia do blogueiro é sancionada no RN

Foi publicado na edição desta terça-feira (19), do Diário oficial do Estado (DOE) do Rio grande do Norte, a lei nº 9.507/2011 que formaliza o dia 2 de setembro, como o dia Norte-Rio grandense do Blogueiro. A medida foi decretada pela Assembléia Legislativa do RN, e sancionada pela governadora Rosalba ciarlini. A lei foi uma proposição do Deputado Estadual Fábio Dantas (PHS).

Reunião do Colegiado Territorial do seridó acontece em Serra Negra

O colegiado Territorial do seridó estará reunido em Serra Negra nesta quarta-feira,20 para discutir os ajustes solicitados pela câmara Técnica do Colegiado do território rural dos Seridó CEDRUS e também discutir a criação do centro Tecnológico Científico e Ambiental do campus da UFRN em Caicó. A reunião contará com representações de 15 municipios da região seridó e acontecerá no Sindicato dos Trabalhadores Rurais de Serra Negra.
Por: Joamma Diniz

UFRN define cursos e vagas exclusivas pelo Enem 2011

A Pró-Reitoria de Graduação da Universidade Federal do Rio Grande do Norte (UFRN) definiu os cursos superiores que terão ingresso exclusivo pelo desempenho Exame Nacional de Ensino Médio 2011 (Enem).

Em relação ao último vestibular, onde o Enem foi adotado pela primeira vez na UFRN, houve um acréscimo de cinco cursos, além de ampliar o número de vagas do exame que passou de 245 no ano passado para 380 novos estudantes que serão selecionados pelo Sistema de Seleção Unificada (Sisu) através do desempenho nas provas do Enem 2011. O exame será realizado nos dias 22 e 23 de outubro por mais de 5,4 milhões de estudantes de todo o Brasil.

No total serão 11 cursos da UFRN que terão preenchimento exclusivo pelo Enem são eles: Agronomia, Ciências Atuariais, Engenharia de Aquicultura; Engenharia Florestal; Engenharia de Software, Estatística, Geofísica, Gestão Hospitalar, Química, Sistemas de Informação e Zootecnia (confira abaixo o quadro com a relação dos cursos e vagas exclusivas para o Enem).

Com exceção do curso deGestão Hospitalar que terá ingresso de turmas nos dois semestres, os alunos selecionados pelo Enem entrarão na UFRN a partir do primeiro semestre de 2012.

De acordo com Alexandre Augusto de Lara Menezes, pró-reitor de Graduação da UFRN, um edital será lançado nos próximos dias informando o processo seletivo para o preenchimento das 380 vagas destinadas ao Enem.

"No primeiro ano que adotamos o Enem tivemos quase todas as vagas preenchidas. Para o segundo semestre deste ano houve uma sobra de 50 vagas distribuídas entre os cursos de Biomedicina, Engenharia de Alimentos, Gestão Hospitalar e Zootecnia que foram disponibilizadas via Sisu que estão atualmente em processo de cadastramento dos selecionados", explicou Alexandre Menezes.

Sobre a possibilidade de adesão do Enem para todos os cursos da UFRN, desta forma acabando com o vestibular tradicional, o pró-reitor afirmou que existe uma tendência que o número de cursos exclusivos pelo Enem aumente nos próximos anos.

"A tendência de novos cursos para o Enem nos próximos vestibulares é provável, mas depende de definição do Conselho de Ensino, Pesquisa e Extensão da UFRN", enfatizou Alexandre Menezes.

Quadro de vagas pelo enem na UFRN

Cursos do enem vagas semestre

Agronomia 40 2012.1

Ciências Atuariais 10 2012.1

Engenharia de Aquicultura 40 2012.1

Engenharia de Florestal 40 2012.1

Engenharia de Software 20 2012.1

Estatística 20 2012.1

Geofísica 45 2012.1/ 2012.2

Gestão Hospitalar 45 2012.1

Química 15 2012.1

Sistemas de Informação 20 2012.1

Zootecnia 40 2012.1
Do Diário de Natal

Nenhum senador compareceu à sessão de encerramento do semestre legislativo

Nenhum senador assinalou presença na última sessão plenária do semestre, marcada para as 14h de hoje (18). Como o último dia de atividades parlamentares do semestre caiu ontem (17), domingo, havia sido marcado para hoje o encerramento oficial dos trabalhos legislatvos do primeiro semestre.

No entanto, a secretária-geral da Mesa, Cláudia Lyra, compareceu ao plenário no horário marcado, esperou por 30 minutos a chegada de algum parlamentar, o que não ocorreu. Com isso, foi iniciado oficialmente o recesso parlamentar, que vai até o dia 1º de agosto.

Da Agência Brasil

segunda-feira, 18 de julho de 2011

Homens invadem prédio do Itep em Mossoró e roubam cerca de 80 armas

O prédio do Instituto Técnico e Cientifico de Polícia (Itep) do município de Mossoró foi arrombado na madrugada desta segunda-feira (18) por homens não identificados, que levaram cerca de 80 armas de fogo apreendidas durante delitos e que estavam guardadas no depósito do órgão.

As informações foram confirmadas pelo tenente-coronel Túlio César, responsável pelo 2º Batalhão da Polícia Militar na cidade, que informou que o caso está investigado pelo delegado regional Edivan Queiroz.
o câmera

Um país desarmado contra o crack

Eles já chegam à impressionante marca de 900 mil no país, formando um exército de dependentes químicos da cocaína e crack que não para de crescer, de acordo com levantamento da Organização das Nações Unidas (ONU). Desde junho do ano passado, o governo reservou quase meio bilhão de reais para alterar a realidade, mas até agora não foram aplicados nem 20% dos recursos previstos, apesar da deficitária estrutura de atendimento. O Plano Nacional de Combate ao Crack e Outras Drogas, anunciado ainda no governo Lula, não decola. Isso, apesar de a considerável cifra de R$ 410 milhões ter sido pulverizada entre os ministérios da Justiça, da Saúde e do Desenvolvimento Social e Combate à Fome.

Hoje, o Brasil sequer conhece a face de seus dependentes químicos, em especial do crack. O último levantamento oficial sobre o uso de drogas no país foi feito em 2005 e uma nova pesquisa seria concluída em março. Mais uma vez, fez água, conforme admite a própria Secretaria Nacional de Política sobre Drogas (Senad). Uma pesquisa feita pela Confederação Nacional dos Municípios (CNM), em dezembro do ano passado, mostrou que 98% dos municípios brasileiros têm dependentes químicos, inclusive, de crack. Desses, apenas 14,7% têm Centros de Atenção Psicossocial (CAPs) e 8,4% contam com programas locais de combate ao crack.

Mesmo sem dados científicos sobre a realidade brasileira do crack, a secretária Nacional de Política sobre Drogas, Paulina Duarte, desdenhou da tese sobre o país viver uma epidemia de crack: "É uma grande bobagem." O presidente da Comissão Especial de Combate às Drogas da Câmara dos Deputados, Reginaldo Lopes (PT-MG), discorda. Para ele, há um endemia que deve ser tratada como crônica. "Do ponto de vista político, é melhor tratar como epidemia, aprimorar e efetivar políticas públicas do que depois correr atrás do prejuízo", destacou.
Diário de Natal

Difícil guerra contra corrupção

O Ministério Público do Rio Grande do Norte não dá prioridade ao combate à corrupção. Esta é a opinião do promotor Emanuel Dhayan Bezerra de Almeida, que atua na 44ª Promotoria de Justiça do Patrimônio Público, em Natal. O problema, para ele, é a estrutura existente para atuar na investigação desses supostos atos de improbidade. Em Natal, existem apenas cinco promotores para dar conta da demanda. Já no interior, o promotor de cada comarca acumula a função de Defesa do Patrimônio, tendo em vista que nos municípios não existe a especificação da Promotoria.


Para Dhayan, a instituição deveria dar maior atenção a esse tipo de investigação, tendo em vista que a sociedade anseia por respostas aos crimes de corrupção. "O Ministério Público deve definir o rumo que pretende tomar. Com cinco promotores, é difícil dar respostas rápidas e adequadas", disse. "Basta ver a diferença na quantidade de promotores da família e do patrimônio. Nosso número é bem inferior. Ficamos reféns. A instituição tem que mudar esse perfil. Apenas cinco promotores para dar conta dos atos de todos os agentes públicos, secretários municipais, estaduais, é insuficiente", afirmou.

Outra deficiência apontada pelo promotor é com relação à Delegacia do Patrimônio Público, que ainda não foi estruturada pelo governo do estado. "A Polícia Civil não dispõe dessa delegacia. Um governo que tem compromisso deve estar atento a isso. É algo essencial para o trabalho de combate à corrupção", declarou.

O Judicário também não escapou das críticas do promotor. Para ele, falta especialização por parte dos juizes, nos crimes relacionados ao patrimônio público. "A partir do momento em que um juiz se especializa na parte criminal, na parte de crimes contra a administração, fica mais fácil, pois tende a agilizar o julgamento dos processos, que são complexos e volumosos. O Judiciário trabalha com estatística, ou seja, se puderem julgar dez processos menores, que levem menos tempo dos que os do Patrimônio Público, eles vão fazer", afirmou.

Números

Apesar do,s problemas apontados pelo promotor, o número de ações por improbidade administrativa vem crescendo. No Rio Grande do Norte, desde janeiro deste ano até hoje, 113 ações foram ajuizadas pelo Ministério Público Estadual, sendo 58 contra gestores de Natal e os demais espalhados pelos municípios do interior do estado. Em 2010, foram repassadas 63 ações para a corregedoria do órgão, durante o ano inteiro, sendo 13 voltados para a capital potiguar.
Diário de Natal

Dnit e Valec têm contratos com empresas suspeitas

Os diretores do Departamento Nacional de Infraestrutura de Transportes (Dnit) e da Valec Engenharia e Construções montaram um esquema com duas empresas de fachada acusadas de usar documentos falsos em contratos que somam R$ 31 milhões - desse total, R$ 13 milhões sem licitação. Os contratos são para fornecer funcionários em áreas estratégicas, incluindo obras do Programa de Aceleração do Crescimento (PAC), em pelo menos 20 Estados e no Distrito Federal.

Leia também:
Ministério desperdiça R$ 63 bilhões em 9 anos
As pessoas contratadas por essas duas empresas, a Alvorada e a Tech Mix, são escolhidas pelo PR, partido que comanda o Ministério dos Transportes, para trabalhar na gestão de obras sob suspeita de corrupção. O processo de assinatura dos contratos passou pelo alto escalão do Dnit e da Valec envolvido na crise de irregularidades nos Transportes. O dono da Tech Mix é marido da dona da Alvorada.
A Alvorada Comercial e Serviços mudou seu ramo de atividade em 25 de novembro de 2010, um dia antes da liberação de R$ 5,8 milhões pelo então diretor financeiro e hoje presidente interino da Valec, Antonio Felipe Sanchez Costa. A empresa era registrada, até então, para atuar no ramo de embalagens, embora nunca tenha saído do papel. Apesar de não ter nenhuma experiência na terceirização de mão de obra, ganhou dois contratos: esse de R$ 5,8 milhões e outro, no mês passado, de R$ 7,4 milhões, ambos sem licitação.
A Alvorada pertence a Alcione Petri Cunha. O marido, Luiz Carlos Cunha, é dono da Tech Mix Serviços, contratada pelo Dnit por R$ 18,9 milhões anuais após a desclassificação de oito concorrentes que apresentaram preço inferior a esse valor.
O Diário Oficial da União fornece indícios de que Valec e Dnit atuaram juntas. O contrato de R$ 5,8 milhões com a Alvorada foi assinado em 14 de dezembro, mesmo dia em que a Tech Mix foi declarada vencedora no Dnit.
Os documentos do Dnit foram assinados pelo diretor-geral Luiz Antônio Pagot, e pelo diretor executivo, José Henrique Sadok de Sá, hoje afastados dos cargos. Os contratos da Valec foram respaldados por Antonio Felipe Sanchez Costa e por José Francisco das Neves, o Juquinha, que também deixou o posto na primeira leva de denúncias. A publicação dos contratos ocorreu no mesmo período.
A Tech Mix e a Alvorada sempre mudam de endereço. As empresas já foram registradas, inclusive, no mesmo lugar. Hoje, são vizinhas. Funcionam numa pequena sala comercial de 30 metros quadrados. Na Tech Mix, por exemplo, há apenas duas mesas e um computador. Funcionários da empresa relataram à reportagem que a seleção de quem vai trabalhar no Dnit passa por parlamentares do PR. Quem quer emprego precisa procurar políticos do partido aliado do governo.
Resposta
O dono da Tech Mix Serviços, Luiz Carlos Rodrigues da Cunha, negou qualquer irregularidade na contratação de sua empresa pelo Dnit por R$ 18,9 milhões. Ele também afirmou que não há nenhuma ligação entre esse contrato e os acertos emergenciais fechados pela Alvorada Comercial e Serviços, empresa de sua mulher, com a Valec. “Ela tem o negócio dela e eu tenho o meu”, afirmou.
Cunha disse que não tem ligação com o PR, partido que comanda o Ministério dos Transportes no governo federal. O dono da Tech Mix afirmou que nunca ouviu nenhuma proposta de propina em relação a seus contratos. “Nunca ninguém me pediu nada. Nunca escutei uma proposta dessas”, disse. “Só teme quem deve. Tenho minha mente tranquila.”
De acordo com os dados registrados na Junta Comercial do Distrito Federal, Cunha assumiu a Tech Mix no dia 5 de maio de 2010, no lugar da mulher, Alcione Cunha. Meses depois, Alcione passou a administrar a Alvorada.
Luiz Cunha contou ainda que a decisão final de quem vai trabalhar na Tech Mix dentro do Dnit é do próprio órgão do governo. “Eu submeto os currículos aos órgãos, não tem como. Eles vão decidir lá dentro quem vai trabalhar”, afirmou. “A palavra final é do órgão, que escolhe o melhor currículo.”
Ele defendeu a decisão do Dnit de desclassificar as oito propostas abaixo da oferta de sua empresa. “Elas tiveram erros. São erros de proposta”, argumentou.
A reportagem procurou ontem a assessoria do ministro dos Transportes, Paulo Passos, para comentar o assunto, mas ele não foi localizado até o fechamento da edição impressa. As informações são do jornal O Estado de S. Paulo.

sexta-feira, 15 de julho de 2011

PF investigará emissora de TV por divulgar dado sigiloso

A "TV Tem" de São José do Rio Preto, emissora afiliada à Rede Globo, será investigada em novo inquérito na Polícia Federal por ter divulgado informações preservadas por segredo de Justiça. Até então, a emissora fazia parte de inquérito que gerou, em junho, o indiciamento do repórter Allan de Abreu, do jornal "Diário da Região".

A Abert (Associação Brasileira das Emissoras de Rádio e Televisão) diz que o segredo de Justiça não cabe ao jornalista, que, segundo a associação, tem o dever de informar a sociedade sobre assuntos de interesse público. "Criminalizar o jornalista por isso significa ferir de morte a democracia", diz o presidente da entidade, Emanuel Soares Carneiro.

Para o presidente da Fenaj (Federação Nacional dos Jornalistas), Celso Schröder, é um "despropósito atribuir ao jornalista qualquer responsabilidade criminal devido à divulgação de informação". Segundo ele, o segredo cabe apenas aos profissionais envolvidos no processo, como advogados e promotores.

Abreu foi indiciado sob suspeita de divulgar trechos de escutas telefônicas da Operação Tamburutaca, que apura suposto esquema de corrupção na cidade. A abertura de inquérito para investigar o vazamento dos dados foi feito pelo Ministério Público Federal no dia 4 de julho.

Em nota, o procurador disse que o indiciamento ocorreu porque o repórter descumpriu a lei 9.296, que considera crime quebrar segredo de Justiça sem autorização.
DO DIARIODENATAL

Hoje é dia do Homem

Parabéns aos homens!!!!!!!!!!!!!!!

Atrações da Ilha na Festa de Sant’ Ana de Caicó

Saiu a programação das atrações que irão se apresentar na Ilha de Santana durante a Festa de Santana de Caicó 2011. De 27 de julho a 31 de julho.

Confira:
- Quarta (27) – Dedim Gouveia e Canindé Moreno
- Quinta (28) – Sirino e Sirano e Max e Banda Estrelar
- Sexta (29) – Rita de Cássia e Banda Deixe de Brincadeira
- Sábado (30) – Forró me Pega e Mano e Maryelle
- Domingo (31) – Cavalo de Pau e Forró do Agito

quinta-feira, 14 de julho de 2011

Em 2 anos, triplica nº de motoristas flagrados bêbados

O número de motoristas flagrados dirigindo alcoolizados nas rodovias estaduais paulistas disparou no primeiro semestre deste ano. O Comando de Policiamento Rodoviário (CPRv) aplicou 2.179 multas por desrespeito à lei seca entre janeiro e junho deste ano, três vezes mais do que o registrado no mesmo período de 2009 - quando foram 714.
Os dados são da Coordenadoria Operacional da Polícia Militar. A diferença na quantidade de multas neste semestre será ainda maior que períodos anteriores, pois o levantamento atual considerou dados até 4 de junho - nos outros anos, as informações compreendem o período de 1º de janeiro a 30 de junho.
O número de motoristas multados por dirigir embriagado vem aumentando ano a ano desde junho de 2008, quando entrou em vigor a lei seca - que reduziu o índice permitido para álcool no sangue. Atualmente, uma em cada quatro infrações cometidas nas rodovias é por dirigir embriagado. A grande quantidade de autuações, segundo o CPRv, é consequência de um aperto na fiscalização, principalmente a partir do início deste ano.
“Os últimos dados mostraram que as mortes no trânsito ultrapassaram os homicídios dolosos em todo o Estado. Por isso houve uma ordem do comando (da PM) para que a fiscalização fosse reforçada”, disse a tenente Fabiana Pane, porta-voz do CPRv. Em relação ao ano passado, o aumento nas multas foi de 60% - apesar de os dados serem fechados com 26 dias a menos.
Mas só o aperto na fiscalização não explica totalmente a maior quantidade de motoristas bêbados flagrados. Para efeitos de comparação, o número de motoristas sujeitos ao teste do bafômetro duplicou entre o primeiro semestre do ano passado e o deste ano em todo o Estado - considerando as ações nas cidades e nas rodovias. No mesmo período, triplicou a quantidade de motoristas multados por dirigir embriagados. As informações são do jornal O Estado de S. Paulo.

LDO mantém salário mínimo de R$ 616 para 2012

O Projeto de Lei de Diretrizes Orçamentárias (LDO) para 2012, aprovado ontem pelo Congresso, manteve o valor do salário mínimo previsto pelo Executivo de R$ 616,34. Além disso, a LDO estabelece que o Orçamento da União para o ano que vem terá que preservar uma dotação para o aumento real aos aposentados e pensionistas do Instituto Nacional do Seguro Social (INSS).

O Congresso alterou a proposta do Executivo de excluir de reajuste, em 2012, o auxílio-alimentação e a assistência pré-escolar, médica e odontológica quando o valor do benefício pago aos aposentados e pensionistas superar o valor médio da União, praticado em março de 2011. Os deputados e senadores mantiveram nessa regra, apenas, o auxílio-alimentação. O presidente do Congresso, José Sarney (PMDB-AP), considerou as mudanças nas regras de reajuste dos benefícios previdenciários um avanço. “Enquanto na Europa se cria um movimento de acabar com o Estado Social de Direito, nós aqui no Brasil e nos países em desenvolvimento, estamos em um movimento contrário garantindo os direitos sociais.”

Produtores de leite de Serra Negra deixam de fornecer ao governo do estado

Os produtores de leite do município de Serra Negra/RN se reuniram nesta quarta-feira,13 no sítio Riacho Fundo e decidiram deixar de fornecer o leite produzido no município ao governo do estado. segundo os produtores o motivo são os constantes atrasos no pagamento por parte do governo do estado e da Serpil que é a cooperativa que recolhe o leite.Ainda de acordo com os produtores a partir de sábado, o leite produzido no município será vendido para a queijeira Dona Gertrudes em Caicó e para um empresa de laticínios em Jardim de Piranhas.
Por: Joamma Diniz

quarta-feira, 13 de julho de 2011

TJRN DETERMINA RETORNO IMEDIATO DOS PROFESSORES

O Pleno de desembargadores do Tribunal de Justiça do Rio Grande do Norte (TJRN) julgou procedente nesta quarta-feira (13) o pedido do governo do Estado, que requereu a ilegalidade da greve dos professores da rede pública e o imediato retorno dos trabalhos nas escolas estaduais. O relator da matéria foi o desembargador Virgílio Macêdo.
Ele teve o voto acompanhado por todos os magistrados. O desembargador Cláudio Santos e os juízes convocados Assis Brasil e Guilherme Cortez chegaram a sugerir o acréscimo ao texto do motivo da ilegalidade, que no caso seria abusividade. No entanto, tal opção foi negada pelos demais.
Em caso de descumprimento, o Sindicato dos Trabalhadores em Educação Pública do RN (Sinte/RN) ficará sujeito à multa diária de R$ 10 mil. O Sinte deve ser intimado ainda hoje da decisão a pedido do procurador-geral do estado, Miguel Josino Neto.

FAB emite nota sobre acidente com aeronave da Noar

A Força Aérea Brasileira (FAB) emitiu nota sobre o acidente envolvendo uma aeronave da Noar Linhas Aéreas na manhã desta quarta-feira (13). A Aeronáutica disse que já está investigando as causas da tragédia, que resultou na morte de 16 pessoas. A aeronave saiu do Recife e tinha por como Natal.

Nota Oficial nº. 1 - Acidente aeronáutico em Recife

O Comando da Aeronáutica informa que nesta quarta-feira, 13 de julho, às 06:51h (horário de Brasília), uma aeronave bimotor L410 da Empresa Noar Linhas Aéreas decolou do Aeroporto de Recife. Ato contínuo declarou estar em situação de emergência e que tentaria pousar na praia de Boa Viagem.

NOAR providencia táxi para passageiros em Mossoró

No Aeroporto Dix-Huit Rosado, em Mossoró, a NOAR providenciou táxis para levaros três passageiros que iriam pegar a aeronave na cidade, às 9h15, onde a aeronave terminaria seu voo, e voltaria à Natal. Aparentando nervosismo, a estudante Tâmara Lobato, 24, e o engenheiro Rafael Monteiro, 32, evitaram falar com a imprensa. O outro passageiro não foi identificado. O guichê da empresa está fechado e os funcionários não dão nenhuma informação à imprensa.
Da Gazeta do Oeste

Avião da empresa "No Ar" com destino a Natal cai em Recife


Dezesseis pessoas morreram na queda de um avião no início da manhã de hoje em Boa Viagem, zona sul do Recife. A informação foi confirmada pelo Corpo de Bombeiros, que enviou nove viaturas para o local.
De acordo com a Infraero, a aeronave da empresa "No ar" deixou o Aeroporto Internacional dos Guararapes às 6h51 com destino a Natal, no Rio Grande do Norte com dois tripulantes e 14 passageiros.
O acidente aconteceu na avenida Boa Viagem em um terreno nas proximidades do II Comar, depois do Parque Dona Lindu, onde geralmente são armados circos. O trânsito no local é bastante complicado.
De acordo com informações preliminares, assim que decolou, o piloto informou à torre de controle que estava em emergência e tentou fazer um pouso forçado em um terreno próximo à praia de Boa Viagem, em Recife, e ao tocar no solo, segundo testemunhas relataram aos investigadores da FAB, o avião teria explodido.
O empresário Geraldo Jorge, um dos representantes da empresa de aviação, informou que neste momento a empresa está cuidando do atendimento às famílias das vítimas para então se pronunciar sobre o acidente.

terça-feira, 12 de julho de 2011

Governo lança hoje Plano Safra da Agricultura Familiar 2011/2012

Com recursos previstos de R$ 16 bilhões e a criação de uma política de preços mínimos especial para o setor, o governo federal lança oficialmente hoje (12) o Plano Safra da Agricultura Familiar 2011/2012. Participam da cerimônia, marcada para as 11h, em Francisco Beltrão (PR), a presidenta Dilma Rousseff e o ministro do Desenvolvimento Agrário, Afonso Florence. Para garantir a renda dos pequenos produtores, reduzindo a volatilidade dos preços de mercado, serão disponibilizados R$ 300 milhões para a Política de Garantia de Preços Mínimos para a Agricultura Familiar (PGPM-AF).

Os recursos já estão disponíveis nas instituições financeiras, segundo o governo, desde 1º de julho, primeiro dia da safra 2011/2012. O lançamento oficial do plano ocorreria no dia 1º, mas foi adiado para hoje devido à falta de condições de pouso na região, o que, na ocasião, levou a presidenta Dilma a cancelar a viagem ao município paranaense.

Do total de recursos, R$ 7,7 bilhões serão disponibilizados para investimentos e R$ 8,3 bilhões, para custeio. Além da criação de uma política de preços mínimos específica, outra novidade do Plano Safra da Agricultura Familiar é a redução da taxa de juros. As operações de investimento tiveram a taxa máxima reduzida de 4% para 2% ao ano. Nas operações do Programa Mais Alimentos até R$ 10 mil, os juros cobrados diminuíram de 2% para 1% ao ano.

O município de Francisco Beltrão, onde será lançado o plano, fica no sudoeste do Paraná e tem história na luta pela reforma agrária. Em 10 de outubro de 1957, cinco anos após ser fundado oficialmente, aconteceu na região a Revolta dos Colonos, ou Revolta dos Posseiros, como ficou conhecido o levante de cerca de 6 mil colonos que tomaram a sede da cidade, como forma de protesto contra os conflitos causados pelas disputas por terras.
Da Agência Brasil

Governadora será intimida pelo Tribunal de Justiça para resolver fim de greve

O Tribunal de Justiça, através do Desembargador Francisco de Assis Brasil Queiroz e Silva, acatou requerimento oficializado pelo SINPOL na última sexta-feira (08) e marcou uma Audiência Conciliatória com o Governo do Estado para as 15h da próxima quarta-feira (13), a ser realizada na sala de sessões da Câmara Criminal daquela Corte. O Mandado de Intimação foi entregue na sede do Sindicato na tarde desta segunda-feira (11) e comemorado pela categoria.

“No 55º dia de greve, esta audiência de conciliação significa para os Policiais Civis a possibilidade de encontrar um caminho para o entendimento com o Governo do Estado, de forma a que possam voltar ao trabalho com a garantia de que seus direitos serão respeitados”, observa a presidente do SINPOL, Vilma Marinho. Também seriam intimados a governadora do Estado, Rosalba Ciarlini, o procurador-geral do Estado, Miguel Josino e o procurador-geral de Justiça (MPRN), Manoel Onofre Neto.
Por: Geraldo Oliveira

Casagrande se emociona ao falar de seus problemas com drogas na TV

Ídolo do Corinthians, o ex-atacante e hoje comentarista esportivo Casagrande passou por maus bocados na vida em razão da sua dependência de drogas, vício que chegou a afastá-lo das atividades profissionais e exigiu uma internação em clínica de reabilitação por um ano. Recuperado, Casão se emocionou com os depoimentos de amigos, colegas e familiares no "Domingão do Faustão" do último domingo.
Primeiro, o ex-atleta revelou que o primeiro contato com os entorpecentes foi na adolescência, mas só depois que ele se aposentou, aos 31 anos, é que o vício começou a aparecer para preencher um "vazio" em sua vida. "Eu encontrei erroneamente um falso prazer que a droga te dá e anulava o vazio que eu tinha, mas era uma coisa muito falsa. Quando o efeito passava, o vazio ficava maior. Um dos efeitos da droga é o congelamento emocional, não te deixa nem feliz nem triste. O que te atrai nas drogas é que você não consegue lidar com aquilo sozinho", comentou.
O ápice da emoção do ex-atleta no programa foi o depoimento de seu filho caçula, Symon, quando disse que não considerava mais Casão como amigo: "Ele fazia uma coisa que falava para a gente não fazer. Hoje eu não tenho mais um melhor amigo, mas ele tem como me reconquistar. Eu o sinto como meu melhor amigo dentro de mim, mas ele tem que me mostrar isso pessoalmente", comentou aos prantos o garoto de 18 anos.
Quem também gravou mensagens de apoio para o colega foi o companheiro de comentários de Casagrande na Globo, Caio Ribeiro, e os locutores Cléber Machado e Galvão Bueno. O último comentou: "Foi fundamental quando você conversando com seu coração, você disse: 'Não me abandona, não velho, juntos nós vamos dar a volta por cima'."
Agora de volta à profissão de comentarista, Casão continua se cuidando para não sair da linha novamente: "Às vezes, peço que me acompanhem quando eu saio, não é por medo de uma recaída, é porque eu fiquei muito tempo congelando minhas emoções e a gente se emociona com certas situações", disse o comentarista esportivo da Globo. E completou: "É uma armadilha. Você tem que se tratar, caso contrário você volta."
Para se submeter a um quadro desses em um programa de TV com a abrangência do "Domingão do Faustão", Casagrande teve muita coragem e, principalmente, humildade ao falar de coração aberto dos seus erros. É um exemplo de volta por cima a ser seguido.
Por:Bruno Paiva Teixeira

Rodrigo Santoro pode interpretar cantor Lobão em filme


O Ator Rodrigo Santoro está cotado para interpretar o cantor Lobão, na produção de um longa metragem que pretende retratar a vida do cantor, segundo informações divulgadas na coluna do jornal "Folha de São Paulo". O longa que ainda não tem data de gravação, será dirigido pelo cineasta José Eduardo Belmonte.

Maradona sofre acidente em Buenos Aires, mas passa bem

O ex-jogador argentino Diego Maradona sofreu um acidente automobilístico na noite desta segunda-feira. Ele estava com a esposa, Verônica, e nenhum dos dois sofreu graves lesões.

De acordo com a imprensa argentina, o carro de Maradona se chocou com um ônibus em Buenos Aires, nos arredores de Ezeiza. O local é próximo do CT da seleção argentina que está disputando a Copa América.

Maradona foi levado ao Hospital Zonal, em Ezeiza, e o único problema são dores no joelho. Verônica, por sua, sofreu uma pancada no quadril.

Da Gazeta Esportiva.

Feliz é aquele que faz o que gosta?

By Ricardo Mallet
Existe uma mentalidade comum que diz: “Feliz é aquele que faz o que gosta”.

Pois bem, se todas as pessoas do mundo fizessem o que gostam, o mundo se tornaria um caos instantaneamente. Sou a favor de uma outra mentalidade: “Feliz é aquele que gosta do que faz.” Portanto, a busca pela felicidade no trabalho (e isso já é científico) passa pela aprendizagem de dedicar-se em profundidade àquilo que estamos fazendo, seja essa tarefa agradável, neutra ou mesmo desagradável. O que importa é fazer com gosto. Neste sentido, vale a pena ponderar se nossas preferências pessoais com tendência à negligência não estão LIMITANDO nosso ímpeto pelo autodesenvolvimento. Este autodesenvolvimento passa, invariavelmente, pela autodeterminação e responsabilidade, que são os dois ingredientes elementares da proatividade.

Pense nisso!

segunda-feira, 11 de julho de 2011

Descoberta de célula rara faz avançar busca da cura da leucemia

Até chegar a leucócitos, eritrócitos, trombócitos e todos aqueles outros “ócitos” conhecidos por quem já fez um hemograma, as células do sangue precisam se diferenciar. Todas elas têm uma origem comum: uma única célula que, mais tarde, ficará especializada e desempenhará diferentes funções. Identificar essa estrutura pode ser a base para tratamentos eficazes voltados a pessoas que sofrem com doenças relacionadas ao sistema sanguíneo, como as leucemias. Foi o que um grupo de cientistas canadenses conseguiu fazer, 50 anos depois da descoberta das células-tronco.

Em um artigo publicado na edição desta segunda da revista Science, eles descrevem a identificação de uma rara célula humana hematopoética (CTH) em sua forma mais elementar. “Uma pequena estrutura capaz de regenerar todo o sistema sanguíneo”, de acordo com a definição dos autores. Como toda célula-tronco, as hematopoéticas são capazes de se dividir e autorrenovar indefinidamente, mas a diferença é que, quando maduras, especializam-se no tecido do sangue e nos componentes do sistema imunológico. Essas células são encontradas na medula óssea, no sangue periférico ou no cordão umbilical. O estudo canadense usou o cordão como fonte de material para a pesquisa.

Até chegarem à maturidade, as CTHs passam por diversas fases, obedecendo a uma cadeia hierárquica, e, então, se distinguem de suas progenitoras. “O enorme potencial regenerativo das células-tronco hematopoéticas as torna alvos muito atraentes para as terapias genética e celular”, diz ao Estado de Minas o principal autor da pesquisa, John Dick, do Instituto do Câncer de Ontário e do Centro de Medicina Regenerativa McEwen, na mesma cidade do Canadá. “Células-tronco como essa são tão raras que é como encontrar uma agulha no palheiro”, completa.

Pioneiro no campo do tratamento de câncer com células-tronco com descobertas nas áreas de leucemia e tumores malignos do cólon, Dick desenvolveu um método que consegue reproduzir, em ratos modificados geneticamente, todo o processo da leucemia mieloide aguda, bastante comum em adultos e cuja frequência aumenta de acordo com a idade. O próximo passo da pesquisa é unir os avanços científicos em busca de um tratamento realmente eficaz. “Agora temos um mapa detalhado do desenvolvimento do sistema sanguíneo. Isso é a chave para incrementar o poder das células-tronco para aplicações clínicas.”

Para chegar à “agulha no palheiro”, Dick e sua equipe de colaboradores aplicaram uma tecnologia chamada citometria de fluxo, pela qual é possível selecionar e purificar milhões de células. “Cientistas que estudam células-tronco podem agora começar a mapear as mudanças no nível molecular por trás do comportamento e do desenvolvimento dessas estruturas”, diz Elisa Laurenti, do Departamento de Biologia Molecular da Universidade de Toronto e coautora do artigo.

De acordo com ela, uma das maiores dificuldades para isolar essas células-tronco específicas é que elas são muito parecidas com outras células que também renovam o sangue, mas apenas por um curto período, morrendo em seguida. Estudos anteriores mostraram que há dois tipos de CTH, as de longo prazo e as de curto prazo. As primeiras, detectadas agora pela equipe de estudiosos, se renovam e se multiplicam para o resto da vida, mas as de curto prazo duram alguns meses, o que inviabiliza o sucesso de terapias. Já a categoria de células-tronco encontrada pelo grupo de cientistas é um importante passo para futuras abordagens terapêuticas. Desde que as células-tronco foram descobertas, os cientistas buscam a linhagem-mãe, uma única e pura célula que poderia ser manipulada e expandida in vitro antes de os pacientes receberem um transplante.

A conquista “Recentemente, meus colegas começaram a aproveitar células-tronco do cordão umbilical, mas, para muitos pacientes, a amostra de um único doador não é suficientemente grande para ser usada como terapia. Por isso, descobertas como a nossa são um passo importante para gerar uma quantidade suficiente de células que permitam a utilização clínica. Estamos mais perto da promessa da medicina regenerativa”, acredita.

Segundo o cientista, ainda não há previsão de quando será possível converter os achados de laboratório em benefícios para os pacientes, mas ele espera que em poucas décadas os médicos já possam contar com a tecnologia. Dick lembra que, desde 1988, quando transplantou células-tronco sanguíneas humanas em ratos com deficiência autoimune e publicou um trabalho na revista Science, a área já evoluiu bastante. “Desde então, nosso objetivo tinha sido encontrar a única e pura célula-tronco. Com os avanços tecnológicos, chegamos a esse ponto depois de 23 anos”, comemora o cientista.

Do Correio Braziliense

ACS/PM apresenta defesa de policias envolvidos em esquema de corrupção

A Associação dos Cabos e Soldados da PM/RN (ACS/PM) pretende encaminhar na manhã desta segunda-feira (11) ao Ministério Público, uma série de documentos que a entidade alega inocentar os policiais envolvidos na Operação "Batalhão Mall", realizada na semana passada. A operação policial, tinha como objetivo deter doze policiais militares do município de Assu que atuavam por meio de corrupção ativa, passiva e peculato contra a Administração Pública Militar.

Segundo informações da associação, os documentos mostram que em relação ao desvio de gasolina exibido em um dos vídeos, de acordo com o depoimento do soldado acusado, a troca do combustível teria sido realizada para um carro particular utilizado no serviço investigativos do 10º Batalhão de Polícia Militar. O uso do carro é de conhecimento do Comando da Polícia Militar.

No que diz respeito, ao posto de gasolina apresentado nas imagens, a ACS alega em nota que trata-se de um ponto base de várias viaturas em serviço criado pelo comando local para coibir os inúmeros assaltos que vinham ocorrendo na região. No relatório que será entregue ao MP apresenta as diversas ocorrências atendidas pelas viaturas. Já a explicação para a escolta de transportes de valores é justificado, segundo a entidade, pela ausência de empresas particulares que realizem esse tipo de serviço na região.

De acordo com o Cabo Jeoás Santos, presidente da Associação dos Cabos e Soldados da PM/RN, a entidade espera que o Ministério Público consiga elucidar os fatos da melhor maneira possível. “A investigação e a prisão, da forma como foram feitas, expuseram de forma negativa tantos os policiais como a instituição. A prisão foi feita de forma truculenta com a invasão das residências dos policiais de forma a também expor as famílias desses policiais”, afirmou.

A ACS PM vai aproveitar a oportunidade para solicitar um representante do Ministério Público que acompanhe a diretoria da entidade numa inspeção das unidades policiais do interior do RN. A inspeção tem como objetivo constatar a deficiência e até a ausência de estrutura e de condições de trabalho.
Diário de Natal

Romário é parado em blitz e perde carteira de habilitação

Parado numa blitz da Operação Lei Seca na madrugada deste domingo, no Rio de Janeiro, o deputado federal Romário (PSB-RJ) se recusou a fazer o teste do bafômetro e teve sua carteira de motorista apreendida após levar sete pontos na habilitação e uma multa de R$ 957,70.
Ele foi parado na avenida Armando Lombardi, na Barra da Tijuca, zona oeste da cidade. O ex-jogador, que dirigia uma Land Rover, estava acompanhado de outro passageiro, que, sóbrio, assumiu o volante. Por não haver problemas com a documentação do veículo, o mesmo não foi apreendido.
É a segunda multa recebida pelo Baixinho em pouco mais de um ano pelo mesmo motivo. Em março de 2010, ele teve de pagar R$ 892,00. Além da multa, ele terá de responder a um processo administrativo no Departamento Estadual de Trânsito do Rio de Janeiro (Detran-RJ).
Lance!Press

Publicado decreto que prorroga Programa Luz para Todos até 2014

Decreto publicado nesta segunda-feira (11) no Diário Oficial da União prorroga o Programa Nacional de Universalização do Acesso e Uso da Energia Elétrica Luz para Todos para o período de 2011 a 2014. O programa se destina a levar energia elétrica à parcela da população do meio rural sem acesso a esse serviço.

Lançado em 2003, o programa era para ter sido extinto em 2010, mas decreto publicado em outubro prorrogou o prazo de execução até 31 de dezembro de 2011 para obras contratadas até 30 de outubro de 2010. Até agora, 13,6 milhões de pessoas foram atendidas. A região mais beneficiada é a Nordeste (6,7 milhões de beneficiários).

São beneficiários também as pessoas atendidas pelo Programa Territórios da Cidadania ou pelo Plano Brasil Sem Miséria. Além desses beneficiários, serão atendidos pelo Luz para Todos os projetos de eletrificação em assentamentos rurais, comunidades indígenas, quilombolas e outras comunidades localizadas em reservas extrativistas.

O Luz para Todos é coordenado pelo Ministério de Minas e Energia e operacionalizado com a participação das Centrais Elétricas Brasileiras S.A. (Eletrobrás) e das empresas de seu grupo empresarial.

Da Agência Brasil.

sexta-feira, 8 de julho de 2011

Lei proíbe comércio de incentivar motoboy a correr

Lanchonetes, restaurantes e pizzarias estão proibidos a partir de agora de deixar de cobrar pelos produtos caso a entrega na casa dos clientes demore além do prazo estipulado. A nova regra é o ponto principal da Lei 12.436, que entrou em vigor ontem e prevê punição para estabelecimentos que “incentivarem” seus motoboys a andar em alta velocidade para fazer entregas no menor tempo possível.
O texto da nova lei prevê multas de R$ 300 a R$ 3 mil para empregadores ou contratantes de serviços de motoboys que estabelecerem “práticas que estimulem o aumento da velocidade”. O objetivo é combater práticas de estabelecimentos comerciais que estipulam limites no tempo de entrega para atrair o cliente.
O Habib’s, por exemplo, promete a entrega dos produtos em 28 minutos. Se o limite é excedido, não é preciso pagar pelo serviço de entrega nem pelo produto. A rede de pizzarias Domino’s afirma que o prazo máximo para a entrega é de meia hora - para pedidos de até cinco produtos e dentro da área de entrega.
“Depois de denúncias que eles cobravam dos meninos (motoboys) pelo atraso, ficamos em cima e hoje isso não acontece. Mesmo assim, eles pressionam para a empresa não ter prejuízo”, diz o presidente do sindicato dos motoboys de São Paulo, Gilberto Almeida dos Santos.
O Habib’s informou que seu corpo jurídico estava reunido na noite de ontem para analisar a abrangência da nova lei e, nos próximos dias, deve pronunciar-se sobre se mudará ou não suas práticas. A Domino’s também afirma que a lei é recente e ainda desconhecida e a empresa vai se manifestar após definir uma posição.
Outras práticas que passam a ser proibidas, segundo a lei, são o oferecimento de prêmios por cumprimento de metas e ações que estimulem a competição entre os motoboys para aumentar a quantidade de entregas feitas em um dia.
Dados da Companhia de Engenharia de Tráfego (CET) mostram que 478 motociclistas morreram em acidente de trânsito no ano passado na capital paulista. Desse total, apenas 52 eram motofretistas, mais conhecidos como motoboys, segundo a indicação dos parentes. Mas esse número pode ser maior, pois nem todas as vítimas tiveram as profissões identificadas. As informações são do jornal O Estado de S. Paulo.

Marrone quer comprar outro helicóptero e abre crise com gravadora

Foi aberta uma crise na dupla sertaneja Bruno e Marrone. Este úiltimo, que se envolveu no início de maio em um acidente de helicóptero, cismou que quer comprar uma outra aeronave. Ao saber da notícia, a gravadora Som Livre interveio para tentar impedi-lo.
Executivos do mercado fonográfico avaliam que a imagem do cantor foi drasticamente abalada depois do acidente, principalmente depois que foi ao ar uma reportagem do "Fantástico" em que o piloto revelou que Marrone pilotou o helicóptero em alguns trechos da viagem entre Curitriba e São José do Rio Preto.
Na época, Marrone foi surpreendido pela repórter Renata Ceribelli em um voo comercial. A entrevista não havia marcada.
O secretário de Marrone, Jardel, que teve o pé decepado no acidente, ficou com sérios danos psicológicos com o acidente.
Por Leo Dias- yahoo

PM mata 2 por dia em SP; não há punidos em 3 meses

Três meses depois de assumir as investigações dos casos de resistência seguida de morte, o Departamento de Homicídios e de Proteção à Pessoa (DHPP) não conseguiu esclarecer a participação de policiais militares nas mortes de supostos criminosos em São Paulo. No período, integrantes da corporação mataram 132 pessoas durante o serviço. Somente em junho, foram 61 mortos, média superior a dois por dia e 85% maior que no mesmo mês em 2010.
A mudança nas investigações se deu em 6 de abril, depois que o jornal O Estado de S. Paulo revelou uma ligação feita ao 190 em que a denunciante narrava em tempo real a execução feita por um PM em um cemitério de Ferraz de Vasconcelos, na Região Metropolitana de São Paulo. Até então, todos os casos de resistência seguida de morte eram apurados pelo Distrito Policial da área da ocorrência, e não pelo departamento especializado da Polícia Civil.
Coordenadora auxiliar do Núcleo de Cidadania e Direitos Humanos da Defensoria Pública do Estado, Daniela Skromov diz que é positivo as investigações ficarem a cargo do DHPP, mas que isso é ainda insuficiente. “É preciso focar a formação dos policiais, a atuação ativa da Corregedoria e a repulsa diária do comando a esse tipo de atitude.”
Depois de uma queda acentuada em abril, quando foram registrados 25 autos de resistência, ante 58 do mesmo mês de 2010, os números da letalidade policial apontam tendência de alta. Em maio, foram mortas pela PM 46 pessoas. Em junho, 61, quase o dobro do registrado em junho de 2010 (33). Em comparação com o segundo trimestre de 2010, porém, os números seguem estáveis (quatro casos a mais). Houve ainda queda de 12,4% no número de mortos quando se compara o primeiro semestre deste ano com o de 2010 (274, ante 240).
O delegado-geral da Polícia Civil, Marcos Carneiro de Lima, diz que as investigações são complexas e, por isso, ainda não foi possível concluir se policiais estão ou não envolvidos. Para ele, são necessários pelo menos quatro ou cinco meses para que o DHPP tenha uma base para finalizar investigações. “São questões testemunhais, exames técnicos, uma série de detalhes que têm sido colhidos. Demanda algo mais apurado.” As informações são do jornal O Estado de S. Paulo.