quinta-feira, 20 de dezembro de 2012

Dominguinhos está internado com infecção respiratória e arritmia cardíaca

O artista pernambucano Dominguinhos, de 71 anos, foi internado na madrugada desta quinta-feira (20), no Hospital Santa Joana, no bairro do Derby. De acordo com o boletim médico, o cantor e compositor foi "admitido com quadro de infecção respiratória e arritmia cardíaca".

Dominguinhos está, segundo o documento, recebendo cuidados intensivos e sendo tratado com antibióticos. A família do músico também se pronunciou: "Neste momento, a família do artista pede a todos por orações e pensamentos positivos. O apoio do público que sempre admirou e acompanhou o seu trabalho é de grande importância".

Muito abalado, o pesquisador Paulo Wanderley, amigo íntimo do sanfoneiro, não quis entrar em detalhes sobre a internação, ao ser procurado pelo Diario, mas confirmou que "sabia que Dominguinhos estava prestes a fazer alguns exames". E contou ainda que foi visitá-lo nesta madrugada. O cantor, compositor e sanfoneiro foi diagnosticado com um câncer de pulmão em 2011.

Do Diário de Pernambuco.

sexta-feira, 14 de dezembro de 2012

Julgamento do mensalão pode terminar nesta quinta-feira

O Supremo Tribunal Federal (STF) pode encerrar nesta quinta-feira (13) o julgamento da Ação Penal 470, o processo do mensalão, caso a presença do ministro Celso de Mello seja confirmada. Gripado, ele não compareceu à sessão de ontem (12), o que resultou no cancelamento da pauta prevista. Mello já comunicou ao tribunal que deve estar apto a trabalhar nesta quinta.

O julgamento do mensalão foi suspenso na última segunda-feira (10), quando o placar sobre a questão da perda de mandato parlamentar estava empatada em 4 votos a 4. Está em jogo o futuro político dos deputados federais Pedro Henry (PP-MT), João Paulo Cunha (PT-SP) e Valdemar Costa Neto (PR-SP), todos condenados pelo STF.

Os ministros Joaquim Barbosa, Luiz Fux, Gilmar Mendes e Marco Aurélio Mello defendem que a perda de mandato é imediata, e que a Câmara dos Deputados só precisa ratificar a decisão. Os ministros Ricardo Lewandowski, Rosa Weber, Antonio Dias Toffoli e Cármen Lúcia acreditam que a perda de mandato só pode ser definida por decisão interna do Legislativo.

Embora ainda não tenha votado formalmente, Mello já adiantou que deverá seguir o entendimento de Barbosa. Para o ministro, não é possível conciliar o exercício do cargo com condenações em regime fechado, o que autorizaria o STF a intervir.

Além da questão dos mandatos, o STF ainda terá que discutir as novas multas propostas por Lewandowski. O revisor do processo aumentou as multas propostas por ele anteriormente, alegando que era preciso adotar critérios mais objetivos. Elas continuam abaixo dos valores estipulados pelo plenário.

PSOL entra com petição contra aumento de salário dos vereadores

Na tarde desta quinta-feira (13), o presidente estadual do PSOL e vereador eleito, Sandro Pimentel, protocolou petição em nome do partido contra o aumento de salários do legislativo e executivo municipal aprovado pelos próprios vereadores da Câmara de Natal.

O documento pede que a decisão seja revista, considerando que a mesma é abusiva e ilegal. Segundo o artigo 29, inciso VI da Constituição Federal, esse aumento é inconstitucional, pois ultrapassa o limite máximo de vencimento que um vereador pode ter, considerando os proventos de deputados estaduais e federais, por exemplo.

"Não podemos aceitar que vereadores estejam preocupados com seus próprios salários e do executivo, numa cidade com salários de trabalhadores atrasados há mais de cinco meses, postos de saúde fechados, escolas sem aula, lixo e buracos por todos os lados. É uma agressão à população pagante dos aviltantes impostos. Vale destacar que a Câmara Municipal de Natal tem hoje o segundo maior salário pago a vereador de todo o país, perdendo apenas para o Rio de Janeiro", disse Pimentel.
DNonline

quinta-feira, 13 de dezembro de 2012

Viva Luiz Gonzaga

No dia 13 de dezembro de 1912, uma sexta-feira, nascia em Exu (PE) o segundo dos nove filhos do casal Januário José dos Santos e Ana Batista de Jesus, que, na pia batismal da igreja matriz da cidade recebeu o nome de Luiz Gonzaga Nascimento.

Com apenas 8 anos de idade, ele substitui um sanfoneiro em festa tradicional na Fazenda Caiçara, no Araripe, Exu, a pedido de amigos do pai. Canta e toca a noite inteira e, pela primeira vez, recebe o que hoje se chamaria cachê. O dinheiro, 20 mil réis, "amolece" o espírito da mãe, que não o queria sanfoneiro.

A partir daí, os convites para animar festas - ou sambas, como se dizia na época - tornam-se frequentes. Antes mesmo de completar 16 anos, Luiz de Januário, Lula ou Luiz Gonzaga já é nome conhecido no Araripe e em toda a redondeza, como Canoa Brava, Viração, Bodocó e Rancharia.

Um século depois, muitas são as histórias que seus companheiros têm para contar desse homem que fez o povo brasileiro conhecer a dureza da vida no sertão, mas também levou muita alegria com sua sanfona para todo o país.

Câmara Federal aprova medida que diminui preço da conta de energia elétrica

Com informações da Agência Brasil.

A Câmara dos Deputados aprovou nesta quarta-feira (12) a Medida Provisória (MP) 579 que trata de concessões de geração, transmissão e distribuição de energia elétrica com vencimento entre 2015 e 2017. A proposta também diminui encargos setoriais e reduz até 20% o preço da conta de luz a consumidores e empresas. Após a votação dos destaques, a matéria segue para votação pelo Senado.

A MP permite a renovação antecipada, por até 30 anos, de contratos de concessão nas áreas de geração, transmissão e distribuição de energia elétrica e diminui o peso de encargos setoriais embutidos no preço final das tarifas, como a Reserva Global de Reversão (RGR), que será extinta. A prorrogação das concessões das usinas termoelétricas será até 20 anos.

Com a edição da medida provisória, o governo muda o Marco Regulatório do Setor Elétrico brasileiro e autoriza a União a adquirir créditos que as Centrais Elétricas Brasileiras S.A. (Eletrobras) detém com a Itaipu Binacional, como forma de compensar eventuais perdas na arrecadação.

A ideia é reduzir o custo da energia para estimular a atividade econômica. A expectativa do governo é que as medidas representem redução de 19% a 28% no preço da tarifa paga por grandes empresas. Para a conta de luz dos cidadãos, a diminuição pode chegar a 16,2%, de acordo com cálculos do Executivo.

Atualmente, as concessionárias recebem um valor referente ao investimento que foi feito na construção da hidrelétrica. Ele é pago em 20 ou 30 anos e está presente na composição do preço da energia produzida pela usina, sendo repassado para os consumidores. Com a MP, o governo pagará uma indenização às concessionárias referente aos investimentos que ainda não foram cobertos e não poderão mais ser cobrados.

Resultado da 1ª fase do vestibular da UFRN deve sair hoje a tarde

O Núcleo Permanente de Concursos (COMPERVE) vai divulgar na tarde desta quinta-feira (13), o resultado da primeira fase do Vestibular 2013 da Universidade Federal do Rio Grande do Norte (UFRN). Mas segundo a Comperve, alguns ajustes técnicos estão sendo feitos em seu endereço eletrônico e a previsão é de que o resultado saia apenas no final da tarde.

De acordo com os dados divulgados nessa quarta, menos da metade dos inscritos no vestibular 2013 atingiram o ponto de corte e terão suas provas corrigidas na segunda etapa do processo seletivo, ou seja, dos 28.628 inscritos, somente 12.817 candidatos passaram para a segunda fase, que corrige as questões dissertativas e a prova de redação.

Na primeira etapa da seleção foram corrigidas as questões objetivas de todos os candidatos inscritos. Em seguida, é feita a correção das provas discursivas somente dos estudantes aprovados na primeira fase.

De acordo com a presidente do COMPERVE, Magda Pinheiro, as provas discursivas já estão sendo corrigidas. “A previsão é que o resultado final saia na primeira quinzena de janeiro”, completa. Serão ofertas 3.015 vagas, distribuídas nos 84 cursos de graduação presencial da Universidade.

O Vestibular 2013 ocorreu nos dias 25, 26 e 27 de novembro e apresentou um índice de mais de 14% de faltosos, o que representa 4.119 estudantes que não compareceram aos locais de prova. A partir do próximo ano, a única forma de ingresso na UFRN será via o Exame Nacional do Ensino Médio (ENEM-SiSU).

Nesta quinta-feira, 13, os candidatos poderão consultar o extrato de desempenho das provas objetivas, fornecendo o número do CPF, no site da COMPERVE.
do DNonline

Chelsea vence Monterrey e enfrenta Corinthians na final do Mundial

Sob os olhares dos corintianos, o time do Chelsea, no Estádio Internacional de Yokohama, no Japão, confirmou o seu favoritismo e, sem dificuldades, venceu a equipe do Monterrey, do México, por 3 a 1, e avançou à final do Mundial de Clubes Fifa. Com um começo de segundo tempo avassalador, os ingleses convenceram e agora decidem o título com o Corinthians, neste domingo.

Os jogadores do Timão, que tentam a maior glória do clube às 8h30 (de Brasília), também na cidade de Yokohama, tiveram uma boa noção do que têm pela frente, já que, como estiveram de folga, após a vitória sobre o Al Ahly, do Egito, por 1 a 0, assistiram à partida das arquibancadas, juntamente com o técnico Tite e alguns de seus auxiliares.

O jogo: os treinamentos do time do Chelsea ao longo desta semana foram fechados à imprensa e o técnico Rafael Benítez escondeu a sua escalação até minutos antes do jogo. Mesmo com a imprensa inglesa afirmando que a equipe não teria novidades, o treinador espanhol surpreendeu e fez algumas importantes alterações nos 11 jogadores que foram a campo.

Zagueiro de origem, David Luiz, que jogou na condição de reserva na última partida no Campeonato Inglês, foi improvisado como volante, no lugar de Ramires, poupado e colocado no banco de reservas. Ainda no sistema defensivo, o lateral direito Azpilicueta ganhou a vaga de Ivanovic, que entrou no lugar de David Luiz.

Já no meio-campo, Oscar, Mata e Hazard, que dificilmente jogariam juntos, foram confirmados na armação do time, que ganhou mais mobilidade e um maior poder de marcação com a entrada de David Luiz, destaque da equipe no primeiro tempo. E logo aos 17 minutos, após boa troca de passes, Mata recebeu bola na entrada da área e abriu o placar para o Chelsea.

Depois do tento, a equipe de Rafa Benítez diminuiu o seu ritmo e viu os Rayados crescerem na partida. No entanto, os chutes de fora da área e as bolas lançadas na direção do atacante De Nigris não foram suficientes para superar a forte marcação dos Blues, que foram para o intervalo com a vantagem mínima no marcador.

E na etapa complementar, a estrela do belga Hazard brilhou. Logo no primeiro minuto, mais precisamente aos 17 segundos, ele fez boa jogada pela esquerda e tocou para Fernando Torres, que chutou e contou com desvio adversário para ampliar. No lance seguinte, em outra jogada de Hazard, Mata recebeu passe, chutou e viu Chávez desviar contra seu próprio patrimônio: 3 a 0.

Sem conseguir assimilar os rápidos golpes fatais, a equipe rayada ainda viu Oscar, Hazard e Mata desperdiçarem chances de iniciar uma goleada nos lances que seguiram. Mas, pensando no seu limite físico, o time inglês reduziu a marcha: Benítez lançou os veteranos Lampard e Paulo Ferreira nos lugares de David Luiz e Mata, priorizando a manutenção do resultado. De Nigris, já no último lance, penetrou a área adversária e tocou na saída de Cech para fazer o gol de honra dos mexicanos.

FICHA TÉCNICA
MONTERREY-MEX 1 X 3 CHELSEA-ING

Local: Estádio Internacional de Yokohama, em Yokohama (Japão)
Data: 13 de dezembro de 2012, quinta-feira
Hora: 08h30 (de Brasília)
Árbitro: Carlos Vera (Equardor)
Assistentes: Christian Lescano e Byron Romero (ambos do Equador)

Gols: Juan Mata, aos 17 minutos do primeiro tempo, Fernando Torres, ao primeiro minuto do segundo tempo e Darvin Chávez (contra), aos 2 minutos do segundo tempo (Chelsea). De Nigris, aos 46 minutos do segundo tempo (Monterrey).
Cartões: não houveram

MONTERREY: Orozco; Pérez (Osório), Mier, Basanta e Chávez; Meza (Solis), Cardozo e Ayoví; Jesús Corona, César Delgado (Carreño) e Aldo de Nigris
Técnico: Víctor Vucetich

CHELSEA: Cech; Ashley Cole, Ivanovic, Cahill e Azpilicueta; David Luiz (Lampard), Mikel, Oscar, Mata (Paulo Ferreira) e Hazard; Fernando Torres (Victor Moses)
Técnico: Rafael Benítez

Do Superesportes

terça-feira, 11 de dezembro de 2012

Depressivos têm mais chance de desenvolver Alzheimer

Comum entre os idosos e raro em pessoas jovens, o mal de Alzheimer é responsável pela perda de memória e atinge cerca de 1 milhão de brasileiros. Um estudo desenvolvido por um grupo de pesquisadores brasileiros e liderado pelos professores Sérgio Ferreira e Fernanda de Felice, ambos da Universidade Federal do Rio de Janeiro (UFRJ), mostra que a doença pode estar mais próxima dos sintomas da depressão do que se imagina. Os cientistas identificaram que os oligômeros abeta, toxinas ligadas ao esquecimento de fatos recentes pelos doentes, provocam também sintomas depressivos. Com os resultados, pela primeira vez a associação entre a depressão clínica e o Alzheimer se torna clara e sinaliza que uma pessoa depressiva tem maior risco de desenvolver o mal neurológico. O estudo brasileiro acaba de ser publicado na revista especializada Molecular Psychiatry.

Embora já houvesse o conhecimento de que o cérebro de pessoas acometidas pelo Alzheimer sofre o acúmulo dessa toxina – o oligômero abeta, que ataca as sinapses e impacta na comunicação entre os neurônios –, os pesquisadores foram atrás de novas informações. “Já sabíamos que os oligômeros causavam essa falha na memória e a grande novidade é que conseguimos comprovar pela primeira vez que, quando em concentrações mais elevadas, as toxinas levam à depressão”, explica Sérgio Ferreira, professor titular do Instituto de Bioquímica Médica da UFRJ e responsável pelo estudo.

Mesmo que a relação entre o Alzheimer e a depressão fosse conhecida pela clínica médica, o estudo se propôs a responder como essas doenças se associavam de forma mais clara. “Quando o paciente começa a se queixar da perda de memória ele apresenta depressão. Mas a pesquisa mostra que entre os pacientes que sofreram com depressão ao longo da vida a chance de desenvolver o Alzheimer é maior”, diz. “A perda de memória causada por essas toxinas já era conhecida, mas com os resultados percebemos também que as pessoas que tiveram depressão ao longo da vida têm mais chance de ter o mal degenerativo”, acrescenta. Ainda de acordo com o pesquisador, mesmo se tratando de doenças diferentes – já que uma atinge a memória e a outra o humor – os oligômeros estão presentes nas duas situações.

O passo a passo
Para chegar ao resultado, a pesquisa usou ao longo de dois anos cerca de 100 camundongos que receberam a toxina e responderam com sintomas depressivos. Os testes, segundo o professor, foram feitos em dois períodos diferentes. A primeira etapa ocorreu durante as primeiras 24 horas depois da aplicação dos oligômeros, e a segunda etapa oito dias depois da injeção da toxina.

O quadro depressivo foi identificado por meio de testes como o nado forçado, suspensão do camundongo pela cauda e preferência pelo açúcar. Nos dois primeiros testes, os roedores deveriam lutar pela sobrevivência, mas quase não reagiram. No outro teste, os animais com sintomas depressivos não buscaram a água açucarada, enquanto os saudáveis viram no açúcar uma forma de prazer.

A partir do diagnóstico iniciou-se o tratamento com o antidepressivo fluoxetina, e ainda dentro do estudo, os animais foram tratados apresentaram melhoras tanto na perda de memória quanto na própria depressão. “Esperávamos que a fluoxetina, que já é amplamente usada hoje no tratamento contra a depressão, trouxesse bons resultados com relação ao humor, mas fomos surpreendidos ao ver que o medicamento trouxe melhorias para a memória dos animais”, conta Sérgio Ferreira. `

O grupo da UFRJ, que envolve o Instituto de Bioquímica Médica e a Faculdade de Farmácia, pretende ainda, segundo Ferreira, avaliar se o tratamento com fluoxetina ou outros antidepressivos poderia ser benéfico também em um camundongo transgênico – modelo para os testes da doença de Alzheimer. Mesmo que as novas perspectivas trazidas pelos resultados da pesquisa não se apresentem como cura, para o pesquisador eles sinalizam uma possibilidade de avanço no tratamento da doença. “Esse teste foi feito com animais, mas ainda temos que continuar as pesquisas para perceber se o mesmo tratamento pode ser feito com os humanos”, explica.

Sequência do estudo
Depois de o estudo ser publicado na revista científica, a expectativa dos pesquisadores é que o material corra o mundo, despertando a curiosidade de outros cientistas. O líder do estudo acredita que pesquisadores de outros países que já estudem o Alzheimer se interessem pelo achado. Ele também se diz esperançoso de que o tema desperte interesse por investimentos na continuidade do trabalho, já que um estudo como esse, para chegar aos testes em humanos, levaria mais alguns anos para ser consolidado. “O governo federal e o estadual precisam criar políticas públicas para viabilizar esse tipo de estudo clínico, que pode trazer grande benefício e agilidade ao tratamento da doença”, avalia. O entrave, no entanto, é que o país ainda não dispõe da infraestrutura necessária para seguir com as pesquisas do Alzheimer. “Não temos condições de fazer os testes em humanos porque não temos financiamento, nem estrutura”, lamenta.

Acetilcolina orienta aprendizado espacial
Outra pesquisa recente sobre o Alzheimer foi publicada pelo periódico da Academia Nacional de Ciências dos Estados Unidos (PNAS, em inglês) e desenvolvida por pesquisadores do Centro de Memória da PUCRS, da Universidade Federal de Minas Gerais e da Universidade de Western Ontario, no Canadá. O estudo identificou a acetilcolina, um dos muitos neurotransmissores presentes no cérebro, como responsável pela orientação espacial e pela potenciação de longa duração. Ou seja, a orientação para atividades simples do dia a dia, como lembrar o caminho até a farmácia, depende fundamentalmente da acetilcolina cerebral. “Até então, sabia-se que a acetilcolina interferia na memória, mas não sabíamos sobre quais aspectos. Agora, sabemos que ela mantém o aprendizado espacial ou a capacidade de se situar em determinado espaço”, explica o coordenador do Centro de Memória e neurocientista Ivan Izquierdo.

Ainda de acordo com ele, a pesquisa dá à indústria farmacêutica um novo elemento para a fabricação de medicamentos que resolvam esse problema de forma específica. Segundo Izquierdo, considerado um dos maiores especialistas em memória do país, para chegar ao resultado foram usados camundongos, que fizeram testes em um labirinto aquático. Em um dos testes, os animais foram colocadas junto a objetos que já haviam visto e outros, novos. Os ratos que não armazenaram a acetilcolina tiveram dificuldade em reconhecer as imagens já visualizadas. “Nos animais em que o sistema de acetilcolina não funciona, a memória de longa duração não se desenvolve, eles acabam ficando hiperativos e não formam boa memória, criando transtornos”, explica.

O que são oligômeros?
São pequenos agregados formados por partículas de proteínas, que ficam no cérebro mas são solúveis e podem envolver o tecido do cérebro e causam a perda de memória, e também sintomas depressivos.

A doença
O Alzheimer é uma doença neurodegenerativa que pode acometer homens e mulheres, geralmente a partir dos 65 anos. Pessoas depressivas ou diabéticas, principalmente do tipo 2, têm mais chance de desenvolver o Alzheimer. Além da depressão, o principal sintoma é a perda de memória e a incapacidade de formar recordações recentes. “Entre os sintomas, a pessoa se esquece que tomou remédio ou comeu e também não se recorda de rostos de pessoas com quem acabou de se encontrar ou onde guardou determinado objeto”, explica o professor Sérgio Ferreira, da UFRJ.

Estado de Minas

Companhia aéreas terão aeronaves reserva no fim do ano

Estado de Minas

As companhias aéreas assumiram uma série de compromissos para evitar problemas nos aeroportos no fim do ano. As empresas se comprometeram a não fazer overbooking (venda de passagens além do lugares disponíveis), manter todas as posições de check-in em funcionamento e ter aeronaves de reserva.

A informação foi dada pelo ministro-chefe da Secretaria de Aviação Civil, Wagner Bittencourt, durante o anúncio das medidas para o setor aéreo no fim do ano, no Rio.

Segundo a Associação Brasileira das Empresas Aéreas, Gol, TAM, Azul/Trip e Avianca devem ter, juntas, sete ou oito aeronaves de reserva, podendo chegar a 11 nos dias de pico.

segunda-feira, 10 de dezembro de 2012

Ranking revela as melhores cidades do mundo para se viver

A empresa de consultoria Mercer divulgou uma lista das melhores cidades para se viver. Das 221 pesquisadas, Viena, na Áustria, assumiu o topo do ranking. Em segundo lugar está Zurique, na Suíça. De fora do velho continente, apenas Auckland, na Nova Zelândia (3º lugar), Vancouver, no Canadá (5º lugar), e Sydney, na Austrália (10º lugar) aparecem entre as dez primeiras colocadas. A escolha foi feita levando em conta a estabilidade econômica e os serviços de cultura, lazer e saúde.

O Brasil continua de fora das 100 melhores avaliadas. Brasília caiu um posição em relação ao ano passado e ficou em 102º lugar. O Rio de Janeiro subiu duas posições e ficou em 112º lugar. Em terceiro entre as capitais brasileiras está São Paulo, que ocupa o 116º lugar no ranking global.

Da Agência O Globo

Educadores criticam inclusão de ética e cidadania no currículo

Aprovado no Senado, o projeto de lei que prevê a inclusão de duas novas disciplinas obrigatórias (Cidadania Moral e Ética, no ensino fundamental, e Ética Social e Política, no médio) já está causando polêmica antes de ser votado na Câmara de Deputados. Os defensores da proposta do senador Sérgio Souza (PMDB-PR) argumentam que a atual crise de valores e o cenário de corrupção justificam a necessidade dos conteúdos. Mas educadores ouvidos pelo GLOBO são contra, alegando principalmente que a grade curricular do ensino básico já está saturada.

O próprio Ministério da Educação e o Conselho Nacional de Secretários de Educação (Consed) reprovam a iniciativa. O ministro da Educação, Aloizio Mercadante, frisa que as escolas públicas já têm 13 disciplinas obrigatórias.

— A sobrecarga não contribui para o aluno ter foco nas disciplinas essenciais, que são Matemática, Língua Portuguesa e Ciências.

Presidente do Consed, Maria Nilene Badeca da Costa diz que os dois órgãos trabalham juntos na reformulação da Educação básica. Para ela, a inclusão das disciplinas inviabilizaria o projeto político pedagógico das escolas.

— Os currículos escolares já estão sobrecarregados, não há disponibilidade de espaço na matriz curricular. Não é necessário alterar a legislação. O Consed acredita que a experiência educacional já indica fortemente conteúdos relativos à ética, à cidadania e à política — defende Maria Nilene.

De acordo com o Consed, esses conteúdos devem ser tratados de modo integrado com o currículo escolar, como eixos transversais, permeando a formação dos estudantes em todos os componentes curriculares existentes.

Mas o senador Sérgio Souza (PMDB-PR) defende sua proposta. Ele cita um levantamento feito pelo Fórum Econômico Mundial, com 60 países, que colocou o Brasil na 50ª posição no ranking de corrupção, e no 55º lugar na ineficiência da Justiça. Questionado se o projeto não seria um mea culpa por parte da classe política, Souza rebate:

— Se formarmos cidadãos conscientes para serem representantes, eles irão para a política com propósitos diferentes, que não sejam voltados ao próprio interesse econômico. O cidadão já é corrupto no momento em que quer levar vantagem na fila do pedágio ou do mercado. A cultura brasileira tem isso de ser país do jeitinho, é vergonhoso.

Por isso, o senador defende a implantação de uma política educacional voltada para a formação moral e ética preparando os jovens para o exercício responsável da cidadania. Souza contesta os argumentos da falta de tempo e espaço no currículo:

— Com a proposta de período escolar integral, essa justificativa cai por terra. Antes de discutirmos se há espaço, temos que discutir se é importante.

Os argumentos não convencem a relatora das diretrizes curriculares no Conselho Nacional de Educação, Regina de Assis, que endossa as críticas.

— Isso é desconhecimento de currículo. Não vejo necessidade de incluir mais duas disciplinas para se teorizar sobre isso. Já faz parte das metas curriculares e dos projetos político-pedagógicos. Desde a creche tem que se ensinar a ética a partir de valores e da prática — diz Regina, doutora em educação.

Victor Notrica, presidente do Sindicato dos Professores de Escolas Particulares do Rio de de Janeiro, lembra que o conteúdo proposto pelas novas disciplinas já é trabalhado pelos professores. Ele ressalta a dificuldade de se cumprir o currículo atual nos 200 dias e 800 horas/ano obrigatórios por lei e levanta outro problema:

— Não sei se há docentes especializados para dar esses conteúdos em disciplinas específicas. Isso tudo faz parte do dia a dia escola. Os professores das ciências sociais, exatas e Língua Portuguesa já fazem uma abordagem de ética e cidadania. A inclusão obriga uma exclusão. Vai hipersaturar a carga horária dos estudantes e tumultuar ainda mais a grade curricular pelo excesso de conteúdo.

Alguns colégios cariocas alegam que já transmitem esses valores em outras disciplinas. O pH, por exemplo, tem a Aula de Vida para o ensino fundamental e de Atualidades para o médio. O São Bento ministra ensino religioso para os menores e teologia para os mais velhos. Diretora do São Bento, Maria Elisa Penna Firme lembra que a escola funciona das 7h30m às 17h30m.

— Já temos 15 disciplinas. Para entrar duas disciplinas, temos que tirar carga horária daquelas que já compõem o currículo. São temas importantes, mas que devem ser abordados dentro de Filosofia, Sociologia e Geografia — diz ela.

Rui Alves, diretor de ensino da rede pH, é menos refratário. Se a proposta virar lei, o colégio adaptará o conteúdo trocando os nomes das matérias:

— São disciplinas importantes para a formação dos alunos. A grande preocupação é contornar essa situação dentro da grade desses segmentos.

Secretária municipal de Educação, Cláudia Costin também está preocupada com a carga horária.

— Enquanto não resolver a questão da carga horária, sou contra. Nas nossas 119 escolas com 7 horas diárias, estamos incluindo a disciplina Educação para Valores. Nas demais, com média de 4 horas de aula/dia, se entrar mais uma disciplina, vamos ter menos tempo para trabalhar Matemática, Português e Ciências, que têm se saído tão mal em rankings internacionais.

Um currículo em crescimento constante

Elaborado pelo senador Sérgio Souza, o projeto que prevê a inclusão das duas disciplinas no currículo tem como relator o senador Cristovam Buarque (PDT-DF), ex-reitor da Universidade de Brasília (UnB). O texto, que ainda será submetido a votação na Câmara dos Deputados, não é o primeiro a propor mudanças curriculares na Lei de Diretrizes e Bases da Educação (LDB), de 1996. A cada ano, a legislação vai crescendo junto com os currículos. A alteração mais recente aconteceu em abril deste ano, quando foram incluídos os princípios de proteção e defesa civil e a educação ambiental de forma integrada aos conteúdos dos ensinos fundamental e médio nas escolas.

Em 2008, a inclusão de Filosofia e Sociologia como disciplinas obrigatórias em todas as séries do ensino médio também gerou polêmica e até hoje é questionada.

— A inclusão de Sociologia e Filosofia já foi demais. Tem que haver um projeto de currículo nacional, com conteúdos mínimos necessários para se aprender em cada série, e alguns aspectos regionais, que podem variar de estado para estado — defende Rubem Klein, da Associação Brasileira de Avaliação Educacional.

Também em 2008, a música passou a ser conteúdo obrigatório, mas não exclusivo do ensino de Artes. No mesmo ano, tornou-se obrigatório o estudo da história e da cultura afro-brasileira e indígena em todo o currículo dos ensinos fundamental e médio, em especial em Artes, História e Literatura.

Um ano antes, o ensino fundamental passou a ter, obrigatoriamente, conteúdo sobre os direitos das crianças e dos adolescentes, tendo como diretriz o Estatuto da Criança e do Adolescente.

Mais recentemente, em 2011, o estudo sobre os símbolos nacionais passou a ser incluído como tema transversal nos currículos do ensino fundamental.

Da Agência O Globo

Educadores criticam inclusão de ética e cidadania no currículo

Aprovado no Senado, o projeto de lei que prevê a inclusão de duas novas disciplinas obrigatórias (Cidadania Moral e Ética, no ensino fundamental, e Ética Social e Política, no médio) já está causando polêmica antes de ser votado na Câmara de Deputados. Os defensores da proposta do senador Sérgio Souza (PMDB-PR) argumentam que a atual crise de valores e o cenário de corrupção justificam a necessidade dos conteúdos. Mas educadores ouvidos pelo GLOBO são contra, alegando principalmente que a grade curricular do ensino básico já está saturada.

O próprio Ministério da Educação e o Conselho Nacional de Secretários de Educação (Consed) reprovam a iniciativa. O ministro da Educação, Aloizio Mercadante, frisa que as escolas públicas já têm 13 disciplinas obrigatórias.

— A sobrecarga não contribui para o aluno ter foco nas disciplinas essenciais, que são Matemática, Língua Portuguesa e Ciências.

Presidente do Consed, Maria Nilene Badeca da Costa diz que os dois órgãos trabalham juntos na reformulação da Educação básica. Para ela, a inclusão das disciplinas inviabilizaria o projeto político pedagógico das escolas.

— Os currículos escolares já estão sobrecarregados, não há disponibilidade de espaço na matriz curricular. Não é necessário alterar a legislação. O Consed acredita que a experiência educacional já indica fortemente conteúdos relativos à ética, à cidadania e à política — defende Maria Nilene.

De acordo com o Consed, esses conteúdos devem ser tratados de modo integrado com o currículo escolar, como eixos transversais, permeando a formação dos estudantes em todos os componentes curriculares existentes.

Mas o senador Sérgio Souza (PMDB-PR) defende sua proposta. Ele cita um levantamento feito pelo Fórum Econômico Mundial, com 60 países, que colocou o Brasil na 50ª posição no ranking de corrupção, e no 55º lugar na ineficiência da Justiça. Questionado se o projeto não seria um mea culpa por parte da classe política, Souza rebate:

— Se formarmos cidadãos conscientes para serem representantes, eles irão para a política com propósitos diferentes, que não sejam voltados ao próprio interesse econômico. O cidadão já é corrupto no momento em que quer levar vantagem na fila do pedágio ou do mercado. A cultura brasileira tem isso de ser país do jeitinho, é vergonhoso.

Por isso, o senador defende a implantação de uma política educacional voltada para a formação moral e ética preparando os jovens para o exercício responsável da cidadania. Souza contesta os argumentos da falta de tempo e espaço no currículo:

— Com a proposta de período escolar integral, essa justificativa cai por terra. Antes de discutirmos se há espaço, temos que discutir se é importante.

Os argumentos não convencem a relatora das diretrizes curriculares no Conselho Nacional de Educação, Regina de Assis, que endossa as críticas.

— Isso é desconhecimento de currículo. Não vejo necessidade de incluir mais duas disciplinas para se teorizar sobre isso. Já faz parte das metas curriculares e dos projetos político-pedagógicos. Desde a creche tem que se ensinar a ética a partir de valores e da prática — diz Regina, doutora em educação.

Victor Notrica, presidente do Sindicato dos Professores de Escolas Particulares do Rio de de Janeiro, lembra que o conteúdo proposto pelas novas disciplinas já é trabalhado pelos professores. Ele ressalta a dificuldade de se cumprir o currículo atual nos 200 dias e 800 horas/ano obrigatórios por lei e levanta outro problema:

— Não sei se há docentes especializados para dar esses conteúdos em disciplinas específicas. Isso tudo faz parte do dia a dia escola. Os professores das ciências sociais, exatas e Língua Portuguesa já fazem uma abordagem de ética e cidadania. A inclusão obriga uma exclusão. Vai hipersaturar a carga horária dos estudantes e tumultuar ainda mais a grade curricular pelo excesso de conteúdo.

Alguns colégios cariocas alegam que já transmitem esses valores em outras disciplinas. O pH, por exemplo, tem a Aula de Vida para o ensino fundamental e de Atualidades para o médio. O São Bento ministra ensino religioso para os menores e teologia para os mais velhos. Diretora do São Bento, Maria Elisa Penna Firme lembra que a escola funciona das 7h30m às 17h30m.

— Já temos 15 disciplinas. Para entrar duas disciplinas, temos que tirar carga horária daquelas que já compõem o currículo. São temas importantes, mas que devem ser abordados dentro de Filosofia, Sociologia e Geografia — diz ela.

Rui Alves, diretor de ensino da rede pH, é menos refratário. Se a proposta virar lei, o colégio adaptará o conteúdo trocando os nomes das matérias:

— São disciplinas importantes para a formação dos alunos. A grande preocupação é contornar essa situação dentro da grade desses segmentos.

Secretária municipal de Educação, Cláudia Costin também está preocupada com a carga horária.

— Enquanto não resolver a questão da carga horária, sou contra. Nas nossas 119 escolas com 7 horas diárias, estamos incluindo a disciplina Educação para Valores. Nas demais, com média de 4 horas de aula/dia, se entrar mais uma disciplina, vamos ter menos tempo para trabalhar Matemática, Português e Ciências, que têm se saído tão mal em rankings internacionais.

Um currículo em crescimento constante

Elaborado pelo senador Sérgio Souza, o projeto que prevê a inclusão das duas disciplinas no currículo tem como relator o senador Cristovam Buarque (PDT-DF), ex-reitor da Universidade de Brasília (UnB). O texto, que ainda será submetido a votação na Câmara dos Deputados, não é o primeiro a propor mudanças curriculares na Lei de Diretrizes e Bases da Educação (LDB), de 1996. A cada ano, a legislação vai crescendo junto com os currículos. A alteração mais recente aconteceu em abril deste ano, quando foram incluídos os princípios de proteção e defesa civil e a educação ambiental de forma integrada aos conteúdos dos ensinos fundamental e médio nas escolas.

Em 2008, a inclusão de Filosofia e Sociologia como disciplinas obrigatórias em todas as séries do ensino médio também gerou polêmica e até hoje é questionada.

— A inclusão de Sociologia e Filosofia já foi demais. Tem que haver um projeto de currículo nacional, com conteúdos mínimos necessários para se aprender em cada série, e alguns aspectos regionais, que podem variar de estado para estado — defende Rubem Klein, da Associação Brasileira de Avaliação Educacional.

Também em 2008, a música passou a ser conteúdo obrigatório, mas não exclusivo do ensino de Artes. No mesmo ano, tornou-se obrigatório o estudo da história e da cultura afro-brasileira e indígena em todo o currículo dos ensinos fundamental e médio, em especial em Artes, História e Literatura.

Um ano antes, o ensino fundamental passou a ter, obrigatoriamente, conteúdo sobre os direitos das crianças e dos adolescentes, tendo como diretriz o Estatuto da Criança e do Adolescente.

Mais recentemente, em 2011, o estudo sobre os símbolos nacionais passou a ser incluído como tema transversal nos currículos do ensino fundamental.

Da Agência O Globo

MP oferece 52 denúncias contra prefeitos do Nordeste

O Ministério Público Federal da 5ª Região — que atua em seis estados — ofereceu 52 denúncias contra prefeitos do Nordeste em 2012. Mas como a maioria encerra o mandato em dezembro, 36 casos deixarão de tramitar no Tribunal Regional Federal, em Recife, e voltarão para as varas da Justiça Federal nos estados onde ocorreram as irregularidades. A mudança, no entanto, gera lentidão, pode levar à prescrição dos crimes e, em consequência, à impunidade. A advertência é da procuradora Regional da República, Maria do Socorro Leite Paiva.

— Quando o processo segue para outra instância, começa tudo de novo. E nem todos os atos processuais já realizados são aproveitados. Isso só favorece os acusados, porque o tempo corre em favor deles — explicou Maria.

Balanço efetuado pela Procuradoria Regional indica que, entre 2007 e 2012, 139 denúncias foram oferecidas pelo Ministério Público e ratificadas no TRF. A maioria é contra prefeitos ou ex-prefeitos que se elegeram deputados estaduais e, por esse motivo, têm foro privilegiado.


Da Agência O Globo

Vacina contra HPV deve começar a ser distribuída em 2013

Fernanda Alonso já não é criança, está com 14 anos. Mas levou um susto ao ouvir da ginecologista a recomendação para tomar uma vacina que até então não conhecia: um tratamento para ajudá-la na prevenção contra o vírus do papiloma humano (HPV), que é transmitido através de relações sexuais e causa o câncer do colo de útero. A mãe, Lina Alonso, também se assustou num primeiro momento. Passado o choque inicial, no entanto, mãe e filha aprovaram a ideia. Uma decisão simples se não viesse acompanhada da informação de que a vacina custa de R$ 250 a R$ 400 cada dose (são três) e não é oferecida pelo sistema público.

— Não tenho condições financeiras. É importante para minha filha e também para a irmã, que tem 7, e vai precisar no futuro. O problema, porém, é que as doses custam muito caro.

Lina pode escolher esperar. A introdução da vacina contra o HPV no Sistema Único de Saúde pelo governo federal está em fase final de estudos. É o que revela o Ministério da Saúde. O órgão criou um grupo técnico para discutir a estratégia de implementação da vacina na rede pública e a previsão é que as análises epidemiológicas, imunológicas, socioeconômicas e financeiras sejam concluídas no primeiro semestre de 2013.

O governo do estado do Rio, ancorado pela lei 6.060/11, sancionada pelo governo Sérgio Cabral, adiantou-se e abriu processo de compra de vacina para começar a imunizar meninas de 9 a 11 anos já no primeiro semestre do ano que vem. Caso a promessa seja cumprida, será o primeiro estado a oferecer gratuitamente o tratamento de maneira regular. Hoje, apenas municípios, em iniciativas isoladas, adotaram o investimento. É o caso de Barretos, em São Paulo, e Campos dos Goytacazes, no Rio.

O pedido pela oferta pública da vacina é antigo. Ela pode combater os dois subtipos mais frequentes e perigosos de HPV, o 16 e o 18. Ambos causam o câncer de colo de útero, doença que apenas este ano deve gerar aproximadamente 17.500 novos casos, segundo o Instituto Nacional de Câncer (Inca). O vírus também pode causar câncer de pênis e até de garganta.

Duas questões, porém, levantam polêmica. Os dois subtipos combatidos representam 70% do risco. O método, portanto, não oferece 100% de proteção, mesmo que a vacina seja a quadrivalente, que ainda inclui outras duas variantes (ao todo, são mais de 20 tipos de papiloma humano). Outra dúvida é em relação ao custo. Na rede privada, onde as vacinas já são vendidas para mulheres entre 9 e 26 anos, o preço varia entre R$ 250 a R$ 400 cada dose. São três no total. O custo é alto porque apenas dois laboratórios produzem o medicamento. Ou seja, oferecê-la gratuitamente exige um alto investimento diante de uma eficácia que não é total.

Para Daniel Gimenes, vice-presidente de Pesquisa da Sociedade Brasileira de Oncologia Clínica (Sboc), a vacina deve ser vista como um auxílio emergencial. Lembra que o câncer de colo de útero é uma doença de pouca incidência e baixa mortalidade nos países desenvolvidos. Segundo ele, porque os sistema de saúde consegue fazer o acompanhamento eficaz das mulheres, identificando o problema no início.

— Hoje em dia estamos muito treinados para tratar e não para prevenir. No Brasil, o sistema público de saúde tem deficiências sérias. O que sai mais barato? Uma vacina ou uma unidade pública de saúde que faça um acompanhamento de qualidade? — questiona.

O Hospital de Câncer de Barretos começou, em 2010, um estudo sobre o tratamento. Naquele ano, 1,7 mil meninas matriculadas nas 6ª e 7ª séries do ensino fundamental das escolas públicas e particulares do município do interior de São Paulo receberam a primeira dose. Autor da pesquisa, o coordenador científico do Instituto de Ensino e Pesquisa da instituição, José Humberto Fregnani, garante, porém, que os resultados são animadores.

— A vacina é quase totalmente eficaz contra os subtipos de mais risco. Ainda há a imunidade cruzada, que permite o combate de outros subtipos através do método — afirma.

Segundo Maria Cristina Senna, médica da clínica de vacinação NeoVacinas, a vacina contra HPV representa um "impacto gigantesco no programa nacional de vacinação".

— Claro que os exames preventivos continuarão a ser necessários, mas o tratamento vai diminuir o número de novos casos — garante.

Da Agência O Globo

Brasileiros estão entre os mais lentos para retomar ritmo de trabalho após férias

Os profissionais brasileiros estão entre os que mais demoram a retomar o ritmo normal de trabalho após as férias, aponta pesquisa global da Robert Half, empresa de recrutamento especializado, realizada com 1.777 diretores de RH de 15 países e grandes centros. Na média mundial, 74% dos entrevistados revelam que o ritmo normal é recuperado em até dois dias, enquanto no Brasil o índice é de 58% para esta faixa de tempo.

De acordo com a pesquisa, no entanto, 29% dos diretores de RH brasileiros dizem que os profissionais demoram entre três e quatro dias para retomar o padrão habitual de trabalho após as férias. Dentre todos os países e grandes centros pesquisados, o Brasil é que o aparece com maior índice nesta faixa de tempo. Já 11% dos entrevistados do país registram que os colaboradores tardam em até uma semana.

Na média mundial, apenas 18% dos entrevistados disseram que os profissionais demoram entre três e quatro dias para retornar ao ritmo normal e 7% até uma semana. No Chile, 19% dos entrevistados revelaram que os profisionais podem levar uma semana para retomar o ritmo normal de trabalho.

A pesquisa também avaliou como a carga de trabalho é gerenciada quando membros da equipe estão de férias. A principal maneira de administrar a demanda de trabalho é delegando tarefas para outros funcionários, de acordo com 72% dos diretores de RH brasileiros e 66%, na média mundial. A segunda opção mais escolhida é a que os gerentes assumem as responsabilidades (34%, no Brasil, e 35%, na média global).

Para 28% dos entrevistados brasileiros, quando membros da equipe estão de férias os prazos são perdidos, enquanto na média mundial apenas 20% apontaram esta opção. Um em cada cinco diretores de RH do Brasil (20%) apontaram ainda que os projetos são colocados em espera nestas situações. Mundialmente, 21% escolheram esta opção. Ainda de acordo com o levantamento, no Brasil, apenas 5% dos diretores de RH brasileiros admitem contratar profissionais temporários para substituir os funcionários de férias. Neste caso, a média global é de 8%.

Da Agência O Globo

domingo, 9 de dezembro de 2012

AS CORES DE CAPITU – A DÚVIDA DO OLHAR

Capitu de esmeraldas gêmeas
Que na narrativa brilham, quando me fitam.
Vendo-as, na dúvida, parecem que ficam,
Mas há engano se são homogêneas!

Heterogêneas? Como as cores são diferentes
Quando o desejo encara o desejo!
E por todo o impedimento, percebo e vejo
Quão por muitos fitadas são reluzentes!

Capitu da cor de Assis no céu azul,
Seria o imaginário da América do Sul?
Pobres poetas que de flertes se cercam

Dos mares de ressacas que a todos olham
- As lágrimas de Bentinho quando se molham -
Por mais que se olhe por certo se negam!

Gilberto Costa

sábado, 8 de dezembro de 2012

Imposto de Renda: 616 mil caíram na malha fina em 2012

A Receita Federal informou nesta sexta-feira que foram retidas em malha fina 616.569 mil declarações do Imposto de Renda (IR) pessoa física este ano, contra um total de 569.671 no ano passado.

O principal motivo que levou a essas retensões foi a omissão de rendimentos, responsável por 69,12% do total. Em segundo lugar, 11,5% das declarações retidas em malha se deveu pela omissão de despesas médicas.

Além disso, o fisco divulgou que vai liberar às 9h da segunda-feira a consulta ao 7º lote de restituições do IR, referente aos exercícios 2012, 2011, 2010, 2009 e 2008. O pagamento dessas restituições acontecerá em 17 de dezembro, para 120.524 contribuintes, totalizando R$ 362 milhões.

Para saber se teve a declaração liberada, ou se caiu na malha fina e verificar quais pendências precisam ser regularizadas, o contribuinte deve acessar a página da Receita na internet ou ligar 146. Também é possível verificar se há valor liberado no aplicativo do órgão para tablets e smartphones, na versão Android e IOS.

Da Agência O Globo

Festival de música católica começa neste sábado, na Praça Cívica da UFRN

Acontece neste sábado e domingo (8 e 9) a segunda edição do Halleluya em Natal. Promovido pela Comunidade Católica Shalom, o festival trará atrações nacionais, como a cantora Adriana, além de Adoração em vida, Missionários Shalom, Alto Louvor e bandas locais. O evento acontece a partir das 17h30, na Praça Cívica da UFRN, em Lagoa Nova.

Além de dança e música, essa edição terá espaço para que os jovens também possam praticar esportes radicais. O arcebispo metropolitano de Natal, Dom Jaime, destacou que o Halleluya é uma alternativa das novas comunidades da igreja, que apresentam aos jovens uma outra escolha que não seja o Carnatal, que será realizado na cidade a partir desta quinta-feira (06), até o próximo domingo (09).

“Nós devíamos nos voltar para outros eventos mais lucrativos e a serviço da dignidade humana e de uma socidade mais tranquila, sem violência, e sem perder o refencial daquilo que é importante para a vida de todos, liberdade mas também dignidade, zelo pela vida humana, e valores que nós não podemos suprimir pela nossa sociedade atual”, afirmou o pastor da igreja católica.

O vento já acontece desde 1997 em Fortaleza, Ceará, onde conquistou o título de maior festival de artes integradas do país, servindo de inspiração até para o Rock in Rio, realizado no Rio de Janeiro.
Do DN Online

Óbitos entre crianças de até 10 anos caem 31%

O Brasil registrou queda nos óbitos de crianças de até 10 anos de idade por acidentes domésticos na última década. O número caiu de 868 em 2000 para 595 em 2010, o que representa redução de 31%. Dados do Ministério da Saúde revelam que as principais causas de mortes foram os riscos acidentais à respiração (como sufocação na cama, asfixia com alimentos e outros), seguidos pelos afogamentos e exposição à fumaça, ao fogo e às chamas.

Houve queda também nas internações. Em 2010, foram 11,6 mil internações de crianças por acidentes domésticos, que custaram R$ 8,2 milhões. No ano seguinte, o número de hospitalizações caiu para 10,2 mil, ao custo de R$ 6,9 milhões. Dentro da faixa etária que vai de 0 a 10 anos, as principais vítimas são os menores de 1 ano. Em 2000, foram 376 mortes em crianças dessa faixa, contra 253 em 2010.

Os riscos acidentais à respiração foram responsáveis por 348 mortes de crianças com até 10 anos em 2000, o que corresponde a 40% dos óbitos por essa causa naquele ano. Já em 2010, o número reduziu para 252, representando 42% das mortes. Os afogamentos caíram de 247 para 168 no mesmo período. As mortes decorrentes de exposição à fumaça, ao fogo e às chamas recuaram de 102 para 64 nesses dez anos.

Desde 2001, o Ministério da Saúde investe na Política Nacional de Redução da Mortalidade por Acidentes e Violências. Ao longo da última década, diversas estratégias foram desenvolvidas para a implantação dessa política. Dentre elas, está a estruturação da Rede Nacional de Prevenção da Violência e de Promoção da Saúde. Atualmente, a rede conta com mais de 800 municípios, que desenvolvem ações de vigilância, prevenção e atenção às crianças e adolescentes. Através da Portaria 22, de agosto de 2012, o Ministério da Saúde estabeleceu ainda repasse de R$ 31 milhões para ações de vigilância e prevenção de violências e acidentes.

Foi implantado também o Sistema de Vigilância de Violências e Acidentes (VIVA), com o objetivo de obter informações sobre o comportamento desses agravos, subsidiar ações de enfretamento dos determinantes e condicionantes das causas externas. O Viva aponta 15.098 atendimentos por acidentes domésticos realizados em serviços de urgência e emergência do Sistema Único de Saúde. Deste total, 32% eram menores de 9 anos de idade, ou seja, 4.740 crianças. A pesquisa VIVA, realizada entre setembro e novembro de 2009, mostra que 57% dos atendimentos foram de meninos. Em 58% dos casos, o tipo de ocorrência eram quedas e 31% das lesões eram cortes ou lacerações.

URGÊNCIA E EMERGÊNCIA – Além dos investimentos na área de prevenção de acidentes, o lançamento da Rede Saúde Toda Hora, que reorganiza a Rede de Atenção às Urgências e Emergências no Sistema Único de Saúde (SUS), resultou em atendimentos mais ágeis, contribuindo para salvar vidas. Inseridas na estratégia, as Unidades de Pronto Atendimento (UPA) e o Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu 192) são componentes importantes para o atendimento de acidentes domésticos.

As UPAs atendem a população 24 horas por dia, todos os dias da semana, com médicos clínicos e pediatras capacitados e qualificados para casos de emergência. Já são mais de 240 unidades espalhadas pelo país. Nos municípios onde as unidades estão em funcionamento, aproximadamente 97% dos problemas são resolvidos na própria UPA 24h, sem necessidade de encaminhamento ao pronto-socorro hospitalar, reduzindo filas.

Em casos de acidentes com materiais de limpeza, medicamentos, produtos tóxicos e outras ocorrências, o Ministério da Saúde recomenda a chamada imediata para o número 192 do Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (SAMU). Nessas ocorrências, o SAMU 192 orienta os procedimentos necessários para que os responsáveis realizem os primeiros socorros, enquanto é avaliada a necessidade do envio de uma ambulância.

O SAMU 192 atende o paciente onde ele estiver (na residência, no local de trabalho e na via pública). As equipes são treinadas para prestar o atendimento no menor tempo possível, o que também impacta na redução de óbitos de crianças por acidentes domésticos.

A diretora de Análise de Situação em Saúde, Déborah Malta, faz um alerta à vigilância dos pais e responsáveis. /A criança não tem o conhecimento do risco. Cabe aos adultos evitar as situações perigosas. Janelas devem ter grade ou tela. Todo o cuidado deve ser tomado ao manipular o fogão, deixando panelas ou vasilhas quentes em lugares que a criança não possa alcançar. Com materiais de limpeza a recomendação é a mesma para evitar intoxicações/, aconselha.áver.
Do DN Online, com informações do Ministério da Saúde

PM prende dupla com 50 pedras de crack em Currais Novos

Policiais Militares do GTO (Grupo Tático Operacional) apreenderam 50 pedras de crack, um faca, R$22 e um aparelho celular que estavam em posse de dois jovens por volta das 18h00 desta sexta (07), em Currais Novos, Seridó do estado. A droga foi encontrada dentro do veículo em que a dupla trafegava, um Celta, de placas MXM-3577.

O condutor do Celta, Irakitam Quirino da Rocha, 25, conhecido como Dodô Cigano, disse que apenas deu uma carona a Wanderson Raniere da Silva, 22, que disse em depoimento ser o dono da droga. A Prisão da dupla só foi possível porque um policial que passava pelo local e desconfiou da atitude da dupla, acionando em seguida a central de rádio. Foi enviado uma guarnição ao local e, após fazer a abordagem, foram encontrados os entorpecentes numa carteira dentro do veículo.
DO DN Online, com informações do CIPM

Segundo a PM, Carnatal está sendo o mais tranquilo dos últimos 10 anos

Os dois primeiros dias de Carnatal, somados, foram os mais tranqüilos dos últimos 10 anos, segundo o coronel Francisco Canindé de Araújo, comandante geral da Polícia Militar. Foram registradas 21 ocorrências nessa sexta-feira (08), número que em 2011 chegou a 47, totalizando uma redução de 55% nos registros.

Ainda segundo o coronel, a ocorrência de maior relevância foi uma briga entre foliões, que foi controlada rapidamente. Os demais registros foram relativos a consumo de droga, desacato e lesões. Os locais onde mais ocorreram as denúncias foi o Corredor da Folia, a Avenida Lima e Silva e, principalmente, a Avenida Prudente de Morais, com 10 registros. Os horários onde ocorreram a maior parte dos registros foi entre ás 23h e 1h, já no final do evento.

Saiba mais...
PRF registra 10 prisões por embriagues ao volante no entorno do Carnatal
De acordo com o comandante, o Comando da Polícia Rodoviária Federal (CPRE) realizou três prisões por embriagues ao volante na área, conduzindo os motoristas a delegacia de plantão. Foram feitas também duas medidas administrativas por dirigir sem habilitação e um veículo foi encaminhado ao pátio do Detran. Além disso, pelo menos sete multas de trânsito foram aplicadas pelo comando.
Do DN Online

sexta-feira, 7 de dezembro de 2012

Brasil promulga adesão da Venezuela ao Mercosul

Um decreto presidencial promulgou nesta sexta-feira (7) a adesão da Venezuela ao Mercosul, conforme acordo firmado em 2006. A decisão foi publicada no Diário Oficial da União desta sexta-feira, e dá quatro anos para que o novo membro adote a Tarifa Externa Comum e a Nomeclatura Comum do Mercosul. Como presidente pro tempore do bloco, coube ao Brasil fazer a publicação.

O decreto cria também um grupo de trabalho formado por representantes dos países que fazem parte do bloco, que desenvolverá as tarefas previstas no Protocolo de Adesão. Esse grupo deverá se reunir em até 30 dias e terá mais 180, a partir da data do encontro, para executar suas funções.

A solenidade que aprovou a entrada da Venezuela no bloco ocorreu em julho. O Paraguai não participou do encontro por estar suspenso do bloco. O país foi suspenso como reação coletiva dos líderes políticos da região à destituição do poder do então presidente Fernando Lugo.

A adesão da Venezuela aumenta a população do Mercosul para 270 milhões de habitantes, cerca de 70% da população da América do Sul. O Produto Interno Bruto (PIB) do bloco passa a ser de US$ 3,3 trilhões, aproximadamente 83,2% do PIB sul-americano.

Edição: Talita Cavalcante//Matéria alterada às 11h42 para acrescentar informação sobre a cerimônia de adesão da Venezuela ao bloco e a situação do Paraguai no Mercosul.
DNonline

Vice da CBF paga até R$ 8 mil para vigiar namorada

Com informações do site Yahoo!

Parece piada, mas essa foi a justificativa do vice-presidente da CBF e mentor de José Maria Marin, Marco Polo Del Nero deu a Polícia Federal para contratar detetives investigados pela Operação Durkheim.

Segundo informação da Folha de S.Paulo, o próprio Del Nero também é investigado pela operação que apura a atuação de um grupo especializado na quebra ilegal de sigilo telefônico, bancário e fiscal.

Del Nero relatou que fez contato com o grupo investigado 'apenas para conhecer melhor sua namorada' e que foi motivado por ter intenção de continuar o namoro e 'até se casar'.

Para ter mais confiança e seguir firme no relacionamento ele contratou dois arapongas em períodos distintos e pagou R$ 5.000 e R$ 3.000 pelos serviços de espionagem.

Além de ser muita grana para curar uma mera sensação de insegurança, o fato de contratar meios ilegais de espionagem para investigar a própria namorada diz muito sobre Del Nero. Mais do que deveria até... Se para se sentir mais seguro com o seu namoro ele faz isso, o que faria para manter o seu atual poder?

O cartola vem ganhando cada vez mais importância na política da CBF. Além que arquitetar a demissão de Mano Menezes da seleção e a saída do seu possível rival na sucessão de Marin, Andrés Sanchez, Del Nero também é o homem por trás do quase costurado acordo entre Fox Sports e Globo pela divisão de direitos de transmissão de TV. Com o acordo, os canais Globosat voltariam a transmitir a Libertadores e a Fox Sports teria o Brasileirão em sua grade.

Enfim, apesar de investigado, Del Nero está em alta. Recebeu até homenagem na modorrenta festa da CBF para premiar os melhores do Brasileirão . Ganhou até abraço do ex-governador biônico e atual mandatário da CBF, José Maria Marin. Nesse universo marcado pelo dinheiro e pelo poder ele deve pensar duas vezes antes de tentar grampear ilegalmente alguém.

Google terá que fornecer IP's de blog que denunciou prefeito potiguar

A empresa Google Brasil Internet Ltda terá que fornecer o chamado Protocolo de Internet, denominado IP, relacionados a usuários que publicaram informações com suposto teor 'ofensivo' direcionadas a um prefeito de um município potiguar, não divulgado pelo Tribunal de Justiça do Rio Grande do Norte (TJ/RN). A Google voltou a mover recurso (Agravo Regimental em Agravo de Instrumento n° 2012.014316-3), que foi novamente indeferido pelo tribunal.

A decisão destacou que no julgamento anterior, de outro recurso no TJ/RN, o desembargador esclareceu que a obrigação imposta a empresa está dentro dos limites apontados, que, naquela situação, destacou a possibilidade de fornecimento apenas do Protocolo de Internet (IP's) dos usuários responsáveis pela criação da página virtual, bem como das postagens ali apresentadas.

A Google Brasil havia alegado anteriormente que o cumprimento da decisão não seria possível, já que a determinação extrapolaria suas competências, e que os dados estariam armazenados fora do Brasil. Mas, o argumento não foi aceito pelo tribunal.
Do DN Online, com informações do TJ/RN

III Mostrarte começa nesta sexta-feira, em Caicó

O Ponto de Cultura Associação União do Sobrado, em Caicó, realiza nos dias 07, 08 e 09 de dezembro, sempre a partir das 19h30, o III MOSTRARTE, na Casa de Cultura Popular de Caicó. Na programação da mostra acontecerão diversas atividades, que enaltecerão a cultura do município e celebrarão o advento Natalino. A entrada é gratuíta.

As festividades começam nesta sexta-feira, 07, com a Noite da Poesia, lançamentos de Cordéis, sarau poético com o poeta Antonio Francisco, de Mossoró, Mamulengo do Grupo Verso e Prosa e, fechando a noite, o show do cantor Paulo Lúcio Dantas.

O teatro invadirá a Mostrarte no sábado com a apresentação da encenação O Nascimento de Jesus Nas Quebradas do Sertão, pelo grupo de teatro da CCP, mostrando a mais pura cultura popular do Seridó contando a história do nascimento do menino Jesus. Em seguida acontecerá a apresentação do Coral Canto Caá, do grupo de teatro do IFRN e, por fim, para animar ainda mais a noite de muita cultura o show do músico Silvio Ceará.

E, encerrando a programação da mostra, no domingo, 09, reapresentação do espetáculo O Nascimento de Jesus Nas Quebradas do Sertão. Logo em seguida, será a vez do Coral Meninas do Encanto e Sementes de Arte subir ao palco, e na sequencia, fechando a vasta programação da III MOSTRARTE, o Forró pé-de-serra com Antônio, fechará o final de semana.

Acontecem ainda as seguintes exposições: Fotografias de Dimas Mota; Desenhos e Pinturas de Dona Maria Minervina Santos, artista local que completou 100 anos de idade; e, Artes visuais dos alunos das oficinas ministradas por Adonay. Todas abertas para visitação durante o dia todo e a noite, durante as apresentações.
Do DN Online

quinta-feira, 6 de dezembro de 2012

Dilma Rousseff é eleita 3ª mulher mais poderosa do mundo

Com informações do France Presse.


Presidente Dilma Rouseff é a 18ª pessoa mais poderosa do planeta, segundo a Forbes
Barack Obama, o Papa e Angela Merkel lideram a lista 2012 da revista Forbes dos mais poderosos do planeta, que situa a presidente brasileira, Dilma Rousseff, na 18ª posição.

Este ano, a Forbes também colocou Dilma em terceiro lugar entre as mulheres mais poderosas do planeta, ficando atrás apenas da chanceler alemã, Angela Merkel, e da secretária de Estado americana, Hillary Clinton.

O ranking de poderosos deste ano, no entanto, também conta com figuras um tanto questionáveis, como um chefão das drogas mexicano e o jovem e robusto líder da Coreia do Norte, que investe pesado em um programa nuclear às custas da pobreza de seu povo.

O número dois da lista do ano passado, o presidente chinês Hu Jintao, está fora da lista dos pesos pesados, mas só porque não está mais à frente do gabinete.

O ranking conta com 71 nomes, número escolhido pela revista para representar um percentual diante dos 7,1 bilhões de pessoas no mundo.

Pelo segundo ano consecutivo, Barack Obama lidera o ranking, e a Forbes destaca o fato de ele ter vencido no voto popular, no colégio eleitoral e em todos os sete estados-chave da eleição presidencial americana de novembro passado.

Obama encara desafios de peso, como a crise orçamentária, o alto desemprego e a intensificação da crise no Oriente Médio.

"Mas Obama permanece como o comandante-em-chefe da maior força militar do mundo e lidera uma superpotência econômica e cultura – literalmente é o líder do mundo livre", afirma a Forbes.

A medalha de prata foi para Merkel, a chanceler da Alemanha, a quem a Forbes descreve como a coluna vertebral da União Europeia e a pessoa que carrega o destino do euro nos ombros.

O terceiro lugar ficou com o presidente russo, Vladimir Putin. Ele foi reeleito para um terceiro mandato e retomou o poder “de que ninguém duvidava de que ele fosse abrir mão”.

A Forbes indicou ter observado uma série de fatores para montar sua lista: poder sobre milhões de pessoas, controle de recursos financeiros, se tem poder em várias esferas da vida, e se usa ativamente esse poder.

O fundador da Microsoft, Bill Gates, vem em quarto lugar, enquanto que o Papa Bento XVI, líder de 1,2 bilhão de católicos, ficou em quinto lugar.

O criador do Facebook, Mark Zuckerberg, ocupa um modesto 25º lugar, depois de ter ficado em nono no ano passado.

A curiosidade da lista é o narcotraficante mexicano multimilionário Joaquin Guzman Loera, "El Chapo", chefão do cartel de Sinaloa, que ocupa o 63º posto do ranking.

O líder norte-coreano Kim Jong-Un, 29 anos, que assumiu em lugar do finado Kim Jong-Il, ficou na 44ª colocação.

Morre, aos 104 anos, o arquiteto Oscar Niemeyer

Ele deixou o mundo mais bonito. Comunista inveterado, queria ser lembrado como um homem qualquer - pedido que jamais será atendido. Sua genialidade está materializada em 124 cidades espalhadas por 27 países. E não é só por ter revolucionado a arquitetura que ele será lembrado por gerações. Oscar Niemeyer é exemplo de talento, simplicidade, simpatia e longevidade. Aos 104 anos, ele fechou os olhos para sempre, às 21h55 desta quarta-feira, 5 de dezembro, no Hospital Samaritano, no Rio de Janeiro, onde estava internado desde o dia 2 do mês passado. Mas o olhar do gênio carioca jamais se apagará.

A causa morte do centenário gênio ainda não foi informada pela equipe médica que o assistiu nas últimas semanas. O arquiteto estava acompanhado nesta noite pela mulher Vera e pelo sobrinho Cadu. Esta foi a terceira internação de Niemeyer nos últimos dois meses. Em 13 e em 28 de outubro ele passou pelo Hospital Samaritano para se tratar de um quadro de desidratação. Na derradeira ida à unidade médica, ele apresentava complicações renais e receberia uma sonda gástrica. De acordo com os médicos, ele se manteve lúcido até o final.

Foi no mesmo hospital que em 6 de junho deste ano morreu, aos 82 anos, Anna Maria Niemeyer, única filha do arquiteto, fruto do casamento com Anita Baldo, que lhe deu cinco netos, treze bisnetos e quatro trinetos. Anna Maria trabalhava na área de design de mobiliário e design gráfico e chegou a colaborar em alguns projetos do pai.

Nascido em 15 de dezembro de 1907 no bairro de Laranjeiras, no Rio de Janeiro, Oscar Niemeyer Ribeiro de Almeida Soares é filho de Oscar de Niemeyer Soares e Delfina Ribeiro de Almeida. A rua em que nasceu, anos mais tarde, recebeu o nome de seu avô Ribeiro de Almeida, ministro do Supremo Tribunal Federal, de quem o arquiteto exaltava a lisura na vida pública. Niemeyer se casou aos 21 anos, em 1928, com Anita Baldo, 18 anos, filha de imigrantes italianos da província de Pádua. Seu ingresso no mundo da arquitetura ocorreu no mesmo ano, quando se matriculou na Escola Nacional de Belas-Artes, no Rio de Janeiro. Formado engenheiro-arquiteto em outubro de 1934, ele iniciou sua trajetória profissional no ano seguinte e em 1936 apresentou o projeto da Obra do Berço, na capital fluminense, primeiro exclusivamente seu a ser construído.

Trabalho incessante

Na penúltima internação, em outubro deste ano, o arquiteto foi enfático com a equipe médica: queria alta hospitalar para continuar o trabalho, ou melhor, os trabalhos. Seria um equívoco dizer que ele queria voltar a trabalhar, pois nunca parou. Durante oito décadas, ele projetou mais de 400 obras, das quais pouco mais de 50 foram executadas com vivo. Mas, certamente, muitas construções com a rubrica do grande mestre ainda serão erguidas.

Uma das obras que Oscar Niemeyer não viu pronta é a Catedral Cristo Rei, que está sendo erguida no Bairro Juliana, em frente à Estação BHBus Vilarinho, na Avenida Cristiano Machado, Região Norte de Belo Horizonte e ocupará 22 mil metros quadrados. A capacidade é para 5 mil pessoas sentadas, com mil vagas de estacionamento.

Quando o projeto da nova catedral foi apresentado, em 2011, o arquiteto disse que ela seria sua última obra. “A Catedral Cristo Rei muito me encanta. É especial. Tenho grande satisfação e realização por esse projeto, tanto que foi escolhido para ser a capa do livro sobre as catedrais que eu e minha equipe projetamos. É um projeto que me gratifica. A Catedral Cristo Rei é a última que faço”, declarou.

De Beagá para o mundo

Foi justamente em Belo Horizonte que Niemeyer se tornou símbolo da vanguarda. A convite de Juscelino Kubitscheck, então prefeito da cidade, o arquiteto projetou o Conjunto Arquitetônico da Pampulha, considerado o marco da arquitetura moderna no país. Inaugurado em 1943, ele é composto pelo Cassino, que hoje funciona como Museu de Arte, a Casa do Baile, o Iate Golf Clube e a Igreja São Francisco de Assis, conhecida como a Igrejinha da Pampulha, com traços abstratos e um mural pintado por Cândido Portinari.

Além da Pampulha, a capital mineira tem as curvas do gênio também na Praça da Liberdade. Lá estão o prédio que leva o nome do autor que o concebeu, o Edifício Niemeyer, e a Biblioteca Pública Estadual Luiz de Bessa. No Centro de BH há ainda o Conjunto JK, inicialmente projetado para ser um museu de arte moderna, mas se tornou um complexo residencial de dois blocos, com 1086 apartamentos, onde moram cerca de 5 mil pessoas, erguido sobre um terminal rodoviário.

Há ainda, também na região central da cidade, a Escola Estadual Governador Milton Campos, mais conhecida como Estadual Central, cujo prédio foi construído no formato de uma régua T, com um teatro em forma de mata-borrão, a caixa-d’água com a forma de um giz de cera e o anexo simulando uma borracha.

BH se consolidou como referência da arquitetura de Niemeyer em 2010, quando foi inaugurada a Cidade Administrativa, sede do governo estadual. Trata-se de uma obra monumental, com curvas mais que audaciosas formando o Palácio Tiradentes, erguida sobre apenas quatro colunas de concreto.

Sobre as curvas, marca inconfundível de toda a sua criação, Oscar Niemeyer celebrava a vida, o Brasil e a ciência. “Não é o ângulo reto que me atrai, nem a linha reta, dura, inflexível, criada pelo homem. O que me atrai é a curva livre e sensual, a curva que encontro nas montanhas do meu país, no curso sinuoso dos seus rios, nas ondas do mar, no corpo da mulher preferida. De curvas é feito todo o universo, o universo curvo de Einstein”, declarou o gênio.

Do Estado de Minas

Companhias exigirão ficha limpa de cliente em seguro de carro

Endividamento e processos judiciais, além dos hábitos de uso do veículo, passaram a ser considerados pelas seguradoras na hora de fazer da cotação e vender o produto. O esforço para tornar o seguro de carro um produto rentável tem feito as seguradoras irem mais fundo na análise de risco dos clientes e passarem a verificar, além do hábito do uso do carro e o perfil do cliente, itens como dívidas, inadimplência e processos judiciais.

“Um motorista de táxi com dívidas vai querer trabalhar 10 horas em vez de 8 horas no dia e está mais exposto a acidentes”, exemplifica o presidente da Porto Seguro, Fábio Luchetti. “Agora pense em uma pessoa endividada que estava deixando o carro em uma garagem e pagando por isso. Ele pode resolver deixar o carro na rua, afinal ele possui seguro, e estará mais exposto a roubos e furtos”, diz. No caso da seguradora, além de uma melhor avaliação de risco e de possibilidades de fraude, está sendo necessária a redução de despesas e investimento em tecnologia para trazer resultado operacional no segmento de automóveis.

Na Chubb Seguros, empresa mais voltada para a alta renda, por exemplo, a análise está levando em conta desde junho deste ano o risco moral dos clientes, como a inadimplência e também os processos judiciais. Esse procedimento já era adotado em outras linhas, mas agora passou a ser considerado em automóveis também. “Uma vez feito isso, é realizada uma precificação mais atrativa ao cliente, que já chegou a 20% de desconto no seguro de carro”, diz o presidente Acácio Queiroz. A seguradora faz cerca de 7 mil cotações por dia e, destas, aceita cerca de 200.

Outra novidade da seguradora, que deve ser lançada no próximo ano, é a possibilidade de cotar a apólice de acordo com o grau de uso do veículo. “Hoje um carro parado paga o mesmo seguro daquele que roda todo o dia. Isso é justo?”, questiona o executivo. Pare ele, chips e rastreadores podem analisar a frequência de uso do automóvel.

O esforço das seguradoras para ter lucro com a operação de automóveis passa também por reajuste de preços, o que as seguradoras não descartam para 2013. Neste ano, a alta incidência de roubos e furtos no primeiro trimestre — que subiu cerca de 30% frente ao mesmo período do ano passado —, além do aumento de custos das oficinas, fez com que a apólice ficasse mais cara.

Antes, as seguradoras conseguiam compensar isso com o resultado financeiro (aplicação de reservas para fazer frente aos sinistros), o que se torna cada vez mais difícil com a redução da taxa básica de juro.

Um fator que dificulta o cenário para as seguradoras é a extinção do custo da apólice a partir de janeiro, anunciado em outubro pela Superintendência de Seguros Privados. Desta forma, fica vetado o valor de R$ 60 separada do prêmio. O setor discute uma forma de lançar a cobrança sem grandes efeitos no balanço. No caso da Porto Seguro, a extinção gera uma baixa de R$ 110 milhões no balanço. “Estamos estudando cenários e algo vai ter de ser ajustado em preço”, afirma Luchetti.
Do Portal do Consumidor

Carnatal contará com 1,5 mil PMs por dia na segurança do evento

Cada um dos quatro dias do Carnatal 2012 vai contar com 1,5 mil policiais militares promovendo a segurança dos foliões. O comandante geral da PM do Rio Grande do Norte, o coronel PM Francisco Araújo Silva, destaca que haverá, inclusive, policiais à paisana, vestido de abadá, para conter possíveis delitos em meio aos blocos. O evento ainda terá uma delegacia especial, postos do serviço de atendimento móvel de urgência (Samu) e um juizado especial para atender a população.

O coronel Araújo Silva diz que haverá policiamento nas modalidades de viaturas, motocicletas, da cavalaria e as patrulhas a pé em meio ao corredor. "Os veículos e a cavalaria vão atuar na parte externa do Carnatal, enquanto que as patrulhas vão estar ao longo do circuito dos blocos. Teremos até policiais vestidos de abadás, dentro dos blocos, para evitar que algum folião cometa delitos durante a festa". Os PM's estarão armados de pistolas, taser, cacetetes e tonfas.

O centro de operações da Polícia funcionará na Escola Estadual Rêgulo Tinôco, na Avenida Lima e Silva, na área da "Pipoca". Ali será montada a delegacia especial, um setor de achados e perdidos e o juizado especial. "Toda ocorrência será levada ao colégio. Delitos de maior gravidade serão encaminhados para a delegacia de plantão da zona Sul. Os foliões que perderem documentos e objetos poderão procurá-los nos achados e perdidos".

Além disso, no colégio estará funcionando um posto da corregedoria de Polícia. O objetivo é resolver possíveis casos de excesso da força policial que possa ocorrer em meio à festa. "O cidadão que declare ter sido agredido por algum policial poderá fazer a denúncia já durante o Carnatal e ali mesmo serão tomadas as providências. Também traz uma maior tranquilidade ao policial, pois denúncias falsas podem ser investigadas ainda durante o evento".

Haverá ainda viaturas do Comando de Policiamento Rodoviário Estadua (CPRE) promovendo blitzens da Lei Seca no entorno do Carnatal. "O objetivo é evitar que pessoas que tenham bebido durante a festa saiam dirigindo, podendo provocar acidentes".

O próprio comando da PM, como o coronel Araújo, o coronel PM Wellington Alves (comandante do policiamento metropolitano) e o tenente-coronel Alarico Azevedo (subcomandante do CPM) estarão presente na festa para chefiar o policiamento.
Paulo de Sousa, do DN Online.

quarta-feira, 5 de dezembro de 2012

Brasil ocupa 69ª posição em ranking de corrupção, mostra estudo

A organização não governamental (ONG) Transparência Internacional (Tranparency Internacional) divulgou nesta quarta-feira (5) o estudo Percepções da Corrupção Index 2012, no qual analisa a situação em 176 países. O Brasil aparece em 69ª posição no ranking. Na América Latina, o país fica atrás apenas do Chile e do Uruguai, que estão na 20ª posição. Compartilham o topo da lista, com menos casos de corrupção, a Dinamarca, a Suécia e a Nova Zelândia.

As piores posições no ranking da ONG são ocupadas pelo Afeganistão, pela Coreia do Norte e pela Somália. Nas Américas e no Caribe, as posições mais negativas são as do Haiti, em 165º lugar, e do Paraguai, em 150º.

Em nota, a Transparência Internacional diz que os níveis de corrupção no mundo ainda são elevados, assim como casos de “abuso de poder e relações sigilosas”. Para a organização, é necessário intensificar as ações em busca da transparência de dados e informações referentes aos órgãos públicos e sua atuação.

A presidenta da Transparency Internacional, Huguette Labelle, defendeu a integração de ações governamentais em busca do combate à corrupção além da concessão de mais espaço para a sociedade participar dos debates. Segundo ela, é fundamental estabelecer regras para o lobby e o financiamento para campanhas políticas, além da definição de normas transparentes para a contratação de serviços públicos.

Labelle disse ainda que a intenção do estudo é incentivar os governos a tomar uma decisão “mais dura contra o abuso de poder”. De acordo com ela, os casos considerados mais graves estão no Oriente Médio e na África, pois, em geral, os números indicam que houve uma estagnação e até retrocesso em algumas situações.

No caso dos países que ocupam a primeira posição, destacando-se em relação aos demais, como Dinamarca, Finlândia e Nova Zelândia, a organização considera o esforço público – associado ao acesso aos sistemas de informação e à definição de regras claras, que regem o comportamento dos que ocupam cargos públicos – preponderante para evitar casos de corrupção.

Nas piores posições, nas quais estão Afeganistão, Coreia do Norte e Somália, a ONG diz que faltam líderes responsáveis e instituições públicas eficientes. Também estão em posições consideradas negativas alguns países da zona do euro (17 países que adotam a moeda única), como Grécia, em 94ª posição, e Itália, em 72ª, regiões que sofrem os impactos intensos da crise econômica internacional.

O diretor da Transparência Internacional, Corbus de Swardt, disse que as principais economias do mundo devem dar exemplo de lisura, verificando a atuação das instituições públicas e cobrando responsabilidade dos gestores e líderes. “Isso é crucial. As instituições têm um papel significativo na prevenção da corrupção", disse.

Os países que estão em confrontos internos, como a Síria e o Egito, também aparecem entre os apontados com graves problemas de corrupção. A Síria ocupa a posição de 144 e o Egito a de 118. O estudo completo está disponível no site da Transparência Internacional.

Da Agência Brasil

segunda-feira, 3 de dezembro de 2012

Empresas aéreas salgam preços e passageiros viajam de ônibus

É só dezembro chegar e os preços das passagens aéreas decolam. Dólar em alta associado à maior demanda por voos, principalmente depois do Natal, e a flexibilização quanto à regulação das tarifas fazem o valor dos bilhetes ir às alturas. Mas por que só as tarifas aéreas sobem tanto? Segundo especialista, a composição da tarifa aérea é bastante diferenciada em relação à dos ônibus. Incidem no custo variável do sistema aéreo o valor do combustível e as oscilações do dólar, entre outros. Mas imagine se a “metodologia” do setor aéreo fosse válida para outras situações, quanto valeria uma água de coco à beira-mar em pleno verão de Ipanema? Ou um café num dia frio de inverno? E, por aquela cerveja gelada do happy hour de sexta-feira, você pagaria R$ 60 (1.000% mais que em um dia normal)?

Aproveitando a forte demanda na temporada de festas, as companhias aéreas salgam os preços das tarifas aéreas, obrigando os passageiros a trocar o avião pelo ônibus, que, com metedologia diferente, mantém os preços durante o ano inteiro. Ou a desistir da viagem. Preparado para voltar do Rio de Janeiro de avião, o técnico administrativo Franklin Coelho Dorneles, se assustou ao consultar os preços no site da companhia aérea, e por isso se viu obrigado a encarar as mais de seis horas que separam as capitais mineiras e fluminense no transporte rodoviário. “É inviável. Eu compro um computador com a diferença”, afirma. Também prejudicado, o aposentado Dorival Disessa vai passar o Natal longe da filha pela primeira vez. Ela mora em Recife e a passagem para BH nas vésperas do dia 25 estava quase R$ 5 mil. Como também tem o marido, o valor dobra. “Por que para ônibus tanto faz se chove ou se faz frio e o preço é mantido?”, questiona.

Especialista em setor aéreo, o professor associado da Fundação Dom Cabral, Hugo Ferreira Braga Tadeu, explica que a variação está relacionada ao fato das inúmeras variáveis que incidem sobre o custo operacional do transporte aéreo, enquanto no caso do rodoviário tem-se uma planilha fixa. Segundo ele, a frota das empresas de ônibus é própria, enquanto as companhias aéreas trabalham com sistema de leasing para quitar as aeronaves adquiridas. Com isso, o valor das primeiras passagens é usado para cobrir o custo fixo da operação, que vai desde o combustível até o aluguel do avião. Depois de pago esse custo, as demais tarifas se tornam mais caras e o valor arrecadado é usado para cobrir o custo variável e a taxa de retorno.

Mas não é só. Ele lembra que, apesar de a tarifa ser paga em real, a maioria das contas da empresa tem que ser convertidas para dólar e qualquer mudança de câmbio imediatamente induz a alteração no valor tarifário. Como o real está no menor patamar em comparação com o dólar desde maio de 2009, cotado a R$ 2,127, os gastos também aumentam.

Segundo dados das companhias aéreas, entre 30% e 40% do custo total está ligado ao gasto com querosene de aviação, o que com o aumento do valor do barril do petróleo no mercado internacional onera o custo de operação. No entanto, segundo o especialista, outros fatores precisam ser considerados para o aumento de tarifas que se registrou, como a condição da infraestrutura aeroportuária brasileira. Ele cita que desde o tamanho reduzido das pistas até o tempo de taxiamento da aeronave influenciam pesadamente no custo da tarifa. “Nas pistas de Congonhas, Santos Dumont e Recife, o processo de frenagem tem que ser mais brusco e o tempo de espera taxiando faz com que a turbina do avião esteja ligada para manter o ar condicionado em uso”, afirma o professor em tom crítico à situação da infraestrutura.

Diferença chega a 140%

Os preços das passagens aéreas para quem vai viajar nas festas de fim de ano podem variar até 140,3% no comparativo com os valores do ano passado, segundo pesquisa feita pelo Procon da Assembleia de Minas. O levantamento mostra que a passagem de Belo Horizonte para Porto Seguro, por exemplo, que custava R$ 616 passou para R$ 1.481 para embarque entre 26 de dezembro e 5 de janeiro.

A solução é pesquisar. A variação de preços para um mesmo destino pode chegar a 228% dependendo da companhia aérea escolhida. Se a opção for por Ilhéus, também no litoral da Bahia, a tarifa pode custar R$ 1.063 a mais. Comprando na Gol, o bilhete custa R$ 465,85, mas se a companhia escolhida for a TAM o preço para ida e volta é de R$ 1.528,52.

Como na casa da diarista Iris Medeiros são sete pessoas. Por isso, qualquer economia na hora de viajar é válida. Por isso, depois de ouvir os comentários da patroa sobre os preços das passagens aéreas, nem mesmo consultou a internet para ver quanto pagaria. “Em julho, fomos de avião, mas agora não tive nem a curiosidade de olhar. Já sabia que não cabia no bolso”, afirma ela. (PRF)
Pedro Rocha Franco - Estado de Minas

CCJ do Senado votará redução de maioridade penal

O senador Ricardo Ferraço (PMDB-ES) deve apresentar na próxima reunião da Comissão de Constituição, Justiça e Cidadania (CCJ), marcada para quarta-feira (5), relatório favorável à proposta de emenda à Constituição (PEC 33/2012) que reduz a maioridade penal de 18 para 16 anos nos casos de crimes hediondos, tráfico de drogas, tortura e terrorismo ou reincidência na prática de lesão corporal grave e roubo qualificado.

De acordo com a proposta, de autoria do senador Aloysio Nunes (PSDB-SP), isso ocorreria apenas em processos que corram em órgãos da Justiça especializados em questões da infância e adolescência e a partir de ação de membro do Ministério Público também especializado.
“A desconsideração da imputabilidade penal dependerá da comprovação da capacidade do agente de compreender o caráter criminoso de sua conduta, levando em conta seu histórico familiar, social, cultural e econômico, bem como seus antecedentes”, Explica o relator.

Quatro em cada dez jovens dispensam camisinha

Quatro em cada dez jovens brasileiros acham que não precisam usar camisinha em um relacionamento estável. Além disso, três em cada dez ficariam desconfiados da fidelidade do parceiro caso ele propusesse sexo seguro. A conclusão é da pesquisa Juventude, Comportamento e DST/Aids realizada pela Caixa Seguros com o acompanhamento do Ministério da Saúde e da Organização Pan-Americana de Saúde (Opas).

O estudo ouviu 1.208 jovens com idades entre 18 e 29 anos em 15 estados (Rondônia, Amazonas, Pará, Maranhão, Ceará, Rio Grande do Norte, Pernambuco, Bahia, Minas Gerais, Rio de Janeiro, São Paulo, Paraná, Rio Grande do Sul, Mato Grosso e Goiás) e no Distrito Federal. As mulheres correspondem a 55% da amostra e os homens, a 45%.

O estudo foi repassado à Agência Brasil para divulgação antecipada neste sábado (1º), Dia Mundial de Luta Contra a Aids. A pesquisa será oficialmente divulgada na próxima segunda-feira (5).

Ao todo, 91% dos jovens entrevistados já tiveram relação sexual; 40% não consideram o uso de camisinha um método eficaz na prevenção de doenças sexualmente transmissíveis (DSTs) ou gravidez; 36% não usaram preservativo na última vez que tiveram relações sexuais; e apenas 9,4% foram a um centro de saúde nos últimos 12 meses para obter informações ou tratamento para DSTs.

Os dados mostram que falta aos jovens brasileiros o conhecimento de algumas informações básicas, já que um em cada cinco acredita ser possível contrair o HIV utilizando os mesmos talheres ou copos de outras pessoas e 15% pensam que enfermidades como malária, dengue, hanseníase ou tuberculose são tipos de DSTs.

O coordenador da pesquisa, Miguel Fontes, destacou que o grau de escolaridade dos jovens também influencia na adoção de atitudes e práticas responsáveis em relação ao sexo seguro. Outra constatação, segundo ele, é que ter pais ou profissionais de saúde como principais fontes de informação sobre sexo é um fator determinante para que os jovens adotem melhores práticas em relação a DSTs.

“Notamos que os jovens menos vulneráveis são aqueles que conversam com os pais sobre sexualidade e que têm maior escolaridade. Mas pouquíssimos conversam com os pais sobre isso e a maioria não está estudando, repetiu alguns anos na escola. Embora eles não percebam, essa vulnerabilidade em relação à aids existe e é latente”, disse.

As recomendações feitas pelo estudo incluem maiores investimentos em conteúdos de qualidade sobre sexo e aids na internet; programas sociais que tenham a juventude como público-alvo e que envolvam a família dos participantes; estreitar laços com professores que trabalham com jovens, a fim de proporcionar algum tipo de formação ou capacitação para tratar temas relacionados a DST e aids; e massificar a informação de que existe uma relação direta entre o consumo de álcool e o aumento da vulnerabilidade dos jovens em relação ao sexo seguro.

“No lugar de campanhas massivas na TV e no rádio, precisamos de canais diretos na internet. Ela age hoje como um gancho muito forte e é necessário levá-la em consideração como uma ferramenta educativa, além de reforçar o papel dos pais, fonte de educação mais confiável, e dos profissionais de saúde. Muitas vezes, os amigos são a principal fonte de informação do jovem, mas isso não implica em um melhor nível de conhecimento”, ressaltou o coordenador do estudo.

Dados do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) indicam que os brasileiros com idade entre 15 e 29 anos representam 40% da população, totalizando 50 milhões de jovens. Levantamentos do Ministério da Saúde mostram uma tendência de crescimento de novas infecções pelo HIV nessa faixa etária desde 2007, chegando a 44,35 registros para cada grupo de 100 mil pessoas.

Atualmente, entre 490 mil e 530 mil pessoas vivem com HIV no Brasil. Dessas, 135 mil não sabem que têm o vírus. A incidência da aids no país, em 2011, chegou a 20,2 casos para cada 100 mil habitantes. No ano passado, foram registrados 38,8 mil novos casos da doença – a maioria nos grandes centros urbanos.

Da Agência Brasil

Mega-Sena acumula e pode pagar R$ 6 milhões na quarta

Ninguém acertou os números sorteados pela Caixa Econômica Federal no concurso 1.447, realizado na noite deste sábado (1). O prêmio para o próximo concurso, que será realizado na quarta-feira (5), está estimado em R$ 6 milhões, segundo a CEF.

As dezenas sorteadas neste sábado foram: 01 - 19 - 28 - 33 - 39 - 41.
do DNonline